COBERTURA ESPECIAL - TOA - Terrestre

14 de Agosto, 2015 - 09:20 ( Brasília )

EB - Exercício no Terreno Amazônia 2015


No dia 13 de agosto de 2015, na Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais do Exército, ocorreram as apresentações das manobras e demais planejamentos referentes ao Exercício no Terreno Amazônia 2015. Os Estados-Maiores, integrados pelos oficiais-alunos da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, organizados nos escalões

Força Tarefa Componente e Brigada, expuseram seus trabalhos ao General de Brigada Elias Rodrigues Martins Filho, comadante da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, o qual foi acompanhado pelo General de Brigada Altair José Polsin, comandante da Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais do Exército,  e comitiva de oficiais instrutores de ambas as Escolas.

Abertura do ET AMAZÔNIA 2015

No dia 10 de agosto, iniciou o exercício no terreno Amazônia, Fase ECEME, quando os Oficiais instrutores e alunos do 2º ano do Curso de Comando e Estado-Maior do Exército participaram da ambientação da atividade no auditório Marechal Castello Branco, da EsAO, no Rio de Janeiro-RJ.

Fase ECEME

No dia 11 de agosto, dando início à Fase ECEME do Exercício de Operações e Apoio Logístico em Ambiente de Seleva – ET AMAZÔNIA 2015, os alunos do 2º ano do Curso de Comando e Estado-Maior trabalharam na montagem de um Exercício Tático, no contexto das Operações no Amplo Espectro, em um ambiente operativo de selva.

Nesa fase será realizado o planejamento nível Força Terrestre Componente do ET Amazônia, que auxiliará o Comando Militar do Norte em suas experimentações doutrinárias.

12 de agosto – Trabalhos de Estado-Maior nível FTC

Os oficiais-alunos do 2º ano do Curso de Comando e Estado-Maior (CCEM) continuaram a primeira fase do Exercício no Terreno Amazônia 2015, em 12 de Agosto de 2015, nivelando seus conhecimentos sobre as Operações no Ambiente de Selva, na Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais do Exército (EsAO).

Os oficiais- alunos foram dividos em Estados-Maiores de uma Força Terrestre Componente (FTC) para estudarem um cenário fictício, envolvendo o emprego de meios militares na Amazônia Oriental, dentro de uma operação conjunta, no contexto da defesa externa.

Abertura do Estágio de Correspondentes em Assuntos Militares - Belém 2015

Teve início nesta quarta-feira (12) o Estágio de Correspondentes em Assuntos Militares em Belém, que conta 38 universitários participantes dos cursos de Jornalismo de diversas faculdades locais.

O estágio, que é realizado pela primeira vez na cidade, será conduzido pelos instrutores da ECEME

com o apoio do 2º Batalhão de Infantaria de Selva, e terá a duração de seis dias. 

A primeira jormada teve início com as medidas administrativas de recepção e inscrição, além da apresentação da finalidade e características do estágio. A abertura contou com a presença do Comandante Militar do Norte, General de Exército Oswaldo de Jesus Ferreira, que, acompanhado do Comandante do 2º BIS, Tenente Coronel Carlos Magno de Carvalho Corrêa e do Sr. Mecena, falou aos estagiários sobre a importância da interação entre os jornalistas e os militares, destacando a relevância do papel do Exército na defesa de um país da magnitude do Brasil. 

Em continuidade à fase teórica do estágio, os universitários puderam conhecer e discutir o papel do Exército Brasileiro ao longo das palestras ministradas pelo Ten Cel Andrelúcio, coordenador do ECAM. Após o almoço, foram apresentadas pelo Maj Ricardo, instrutor do ECAM, palestras versando sobre o Sistema de Comunicação Social do Exército e a Mídia e a Guerra, nas quais foram abordadas as peculiaridades da atividade de Comunicação Social nas áreas de segurança e defesa e o papel do profissional de imprensa em áreas de conflito.

ET - BELÉM

A Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME), situada no Rio de Janeiro, realiza, entre os dias 16 e 20 de agosto de 2015, o Exercício no Terreno (ET) de Operações e Apoio Logístico em Ambiente de Selva, em Belém.

 Neste período, oficiais-alunos dos Cursos de Altos Estudos Militares, participantes do ET,

terão oportunidade de aprofundar os conhecimentos sobre a Amazônia Oriental, área de responsabilidade do Comando Militar do Norte e importante região para a Defesa Nacional.

 Dentre as atividades previstas, destacam-se: a realização de um painel militar sobre assuntos relacionados à defesa territorial da Amazônia Oriental e à logística na região Amazônica; e um painel econômico, buscando conhecer a estrutura produtiva de grandes empresas da Região, além de visitas a unidades militares e à instituições civis de Belém.

 No contexto do Exercício, também será realizado o Estágio de Correspondente em Assuntos Militares (ECAM), no período de 12 a 17 de agosto nas instalações do 2º Batalhão de Infantaria de Selva (2º BIS), que será destinado a universitários de Jornalismo e de Comunicação Social de Belém. O ECAM tem como objetivos proporcionar a estes estudantes conhecimentos sobre o Exército Brasileiro e especificidades da atividade jornalística relacionadas aos assuntos militares, inclusive informações sobre condutas em áreas de conflito.

 O estágio divide-se em três fases: uma primeira constituída de palestras sobre assuntos militares e de comunicação; uma segunda na qual os universitários realizam práticas de atividades militares, tais como: primeiros socorros; rapel; noções de sobrevivência; orientação; e pista de progressão em área de conflito. Na terceira fase, busca-se a interação entre os estagiários e os oficiais-alunos da ECEME, por meio da prática de entrevistas individuais e coletivas.

Escola de Comando e Estado-Maior do Exército

A ECEME é o Estabelecimento de Ensino de mais alto nível do Exército Brasileiro, sendo criada em 2 de outubro de 1905. A Escola destina-se a formar oficiais de estado-maior, futuros chefes e assessores dos mais altos escalões do Exército Brasileiro. Seu atual comandante é o General de Brigada ELIAS Martins Rodrigues Filho.

Atualmente, a Escola possui um total de cerca de 300 oficiais-alunos dos Cursos de Altos Estudos Militares. Dentre eles, participarão do Exercício 155 oficiais-alunos do 2º ano do Curso de Comando e Estado-Maior, dos quais 10 são oficiais-alunos Médicos e 13 são oficiais-alunos de Nações Amigas.

A realização do exercício contará com o apoio de diversas Organizações Militares da Região Amazônica, bem como de entidades civis colaboradoras.
 

"EXÉRCITO BRASILEIRO - BRAÇO FORTE, MÃO AMIGA"
 

 



Outras coberturas especiais


Brasil - EUA

Brasil - EUA

Última atualização 15 DEZ, 10:45

MAIS LIDAS

TOA