COBERTURA ESPECIAL - TOA - Terrestre

01 de Julho, 2015 - 10:45 ( Brasília )

EB retoma operação 'Curaretinga VI' em fronteiras de RR

Operação militar acontece na faixa de fronteira da Venezuela e Guiana. Objetivo da ação é combater o tráfico de armas e crimes ambientais.

A operação 'Curaretinga VI' foi retomada nesta terça-feira (30) e atuará em toda a extensão da fronteira roraimense com os países Venezuela e Guiana.

A ação, planejada pela 1ª Brigada de Infantaria de Selva, busca combater aos ilícitos transfronteiriços e ambientais como:  narcotráfico, contrabando e descaminho, tráfico de armas e munições, crimes ambientais, contrabando de veículos, imigração e garimpos ilegais.

"Cerca de mil militares foram mobilizados para esta operação que ocorre simultaneamente na fronteira dos dois países vizinhos. Há efetivo nos municípios de Pacaraima, Normandia, Uiramutã, Bonfim, Mucajaí e na capital Boa Vista", explicou o major Castro, acrescentando que os ilícitos encontrados durante a ação são repassados à Receita Federal e à Polícia Federal.

Paralelo ao objetivo da operação, a 1ª Brigada de Infantaria de Selva realizará Ações Cívico-Sociais (ACISO), que consistem em levar atendimento médico, odontológico e hospitalar aos locais onde concentram famílias das comunidades as quais estão sendo realizadas as operações.

A operação 'Curaretinga VI' ainda tem a finalidade de reforçar junto à sociedade o sentimento de nacionalismo e de defesa da pátria. A operação da 1ª Brigada de Infantaria de Selva ocorre em parceria com a Receita Federal do Brasil, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar e Fundação Nacional do Índio (Funai).