COBERTURA ESPECIAL - Especial Terror - Geopolítica

14 de Dezembro, 2015 - 11:25 ( Brasília )

França: EI começa a avançar no interior na Líbia


O grupo jihadista Estado Islâmico (EI), implantado na região costeira da Líbia, começa a avançar para o interior do país, com o objetivo de assumir o controle de poços de petróleo, afirmou o ministro francês da Defesa, Jean-Yves Le Drian.

"Estão em Sirte e seu território avança agora sobre 250 km lineares de costa, mas estão começando a penetrar no interior e têm a ambição de controlar poços e reservas de petróleo", declarou à rádio RTL.

Entre 2.000 e 3.000 combatentes do EI estão na Líbia, 1.500 deles em Sirte (450 km ao leste de Trípoli). Entre eles há líbios que combateram na Síria e retornaram a seu país, mas também estrangeiros, em particular tunisianos, sudaneses e iemenitas, segundo estimativas da ONU.

A Líbia é cenário de lutas entre grupos armados e está dividida desde a queda do regime de Muamar Khadafi. O país tem dois governos, um em Trípoli e outro em Tobruk (leste), este último reconhecido pela comunidade internacional.

"É absolutamente necessário o fim dos conflitos entre líbios, pois em caso contrário o vencedor militar será o EI", afirmou o ministro francês.

Depois de descartar a possibilidade de uma operação militar estrangeira, o ministro ressaltou que a "única solução" possível é um "acordo político entre as diferentes partes que hoje se opõem na Líbia".