COBERTURA ESPECIAL - Especial Terror - Geopolítica

06 de Fevereiro, 2015 - 10:45 ( Brasília )

Novo vídeo do grupo EI reitera ameaças à França


O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) fez novas ameaças à França. Em um vídeo intitulado "Façam a França explodir", parte dois, um jihadista do EI falando em francês convoca muçulmanos residentes no país a atacar as 4 milhões de pessoas que desfilaram em Paris, no dia 11 de janeiro, em protesto aos atentados que mataram 17 pessoas em dois dias. "Agora vocês têm 4 milhões de alvos", diz o terrorista encapuzado.

David Thomson, jornalista da RFI e autor do livro "Os jihadistas franceses", da editora Les Arènes, diz que o vídeo deve ser analisado com precaução. A nova propaganda dos fundamentalistas teria sido produzida por um braço regional do EI e não pela direção central da organização islamita.
No vídeo, o combatente responsável pela locução faz um balanço em imagens dos últimos atentados cometidos na França, incluindo ações contra policiais e militares.

"Se você não tem armas, seus irmãos mostraram o caminho: mate um policial com a ajuda de uma faca e pegue sua pistola; com ela, mate um militar e roube seu fuzil."

O novo clip do EI foi divulgado poucas horas antes do atentado dessa terça-feira contra um centro cultural judaico em Nice, no sul do país. O ataque, investigado por juízes antiterroristas, deixou dois militares feridos. O autor, o francês Moussa Coulibaly, de 30 anos, atacou três militares com uma faca antes de ser detido pela tropa. Ele era fichado na polícia por atos de delinquência e tinha tentado recentemente viajar da França para a Turquia, país por onde os juhadistas franceses atravessam a fronteira para ganhar a Síria.