12 de Novembro, 2012 - 14:00 ( Brasília )

Terrestre

Comando do Exército indica dez oficiais para o generalato

Sendo aprovada pela Presidenta Dilma Rousseff, a proposta feita ao Ministério da Defesa contará a partir do próximo dia 25

Thiago Gomes


O comando do Exército está propondo ao Ministério da Defesa, para apresentação à presidente Dilma Rousseff, uma lista de promoção de dez novos oficiais generais combatentes, que em sendo aprovada, contará a partir do dia 25 próximo. A proposta contempla coronéis que estarão sendo elevados ao primeiro posto do generalato (general de brigada), com duas estrelas. Junto a isso deverá ser movimentado o general de exército (quatro estrelas) Lúcio Mário de Barros Góes, que deixará a chefia do Departamento Geral de Pessoal (DGP), nomeado para ministro do Superior Tribunal Militar (STM), quadro especial.

A listagem também alcança nove oficiais de divisão (três estrelas), promovidos a generais de exército, bem como 17 generais de brigada que estão subindo para generais de divisão.

Entre os futuros generais de brigada está o coronel de cavalaria Pedro Paulo de Mello Braga, lotado no Comando Militar do Leste (CML) e que deverá assumir o comando da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira (18ª Bda Inf Fron), com sede em Corumbá. Igualmente na promoção, o coronel de infantaria Elias Rodrigues Martins Filho, lotado no Estado-Maior do Exército (EME), em Brasília, com nomeação prevista para a chefia do Centro de Operações do Comando Militar do Oeste (Ch COp/CMO), em Campo Grande.

Promovidos para generais de divisão, os generais de brigada Amauri Pereira Leite e Carlos dos Santos Sardinha, respectivamente, deixam o Ch COp/CMO e 18ª Bda Inf Fron, transferindo-se para a Escola Superior de Guerra/Centro de Altos Estudos e Política Estratégicos (ESG/Caepe) e chefia do Estado-Maior do Comando Militar do Sudeste (Ch EM CMSE). No topo das indicações do Exército, como novos oficiais generais de quatro estrelas, estão os generais de divisão Sérgio Westphalen Etchegoyen, Júlio de Amo Júnior, Williams José Soares, Carlos Roberto de Souza Peixoto, Vicente Gonçalves de Magalhães, Roberto Sebastião Peternelli Júnior, Ivan Carlos Weber Rosas, Luiz Felipe Kraemer Carbonell e Geraldo Antonio Miotto. (Correio do Estado - MS)