19 de Outubro, 2012 - 10:20 ( Brasília )

Terrestre

AGRALE - Comemora 50 Anos e Pronta para outros 50

Empresa comemora 50 anos de atividades como a mais brasileira do setor automobilístico

Caxias do Sul (RS) - No ano em que comemora o seu cinquentenário, a AGRALE inicia um novo ciclo de crescimento, lançamento de novos produtos e inovação. Em 2012, apesar da retração dos mercados de caminhões e chassis para ônibus em razão da introdução da legislação Proconve P7 (EURO 5), a empresa prevê crescer e superar o faturamento de R$ 1 bilhão.
 
Para isso, a AGRALE tem realizado investimentos contínuos no desenvolvimento de novos produtos e tecnologias sustentáveis que atendam as necessidades das aplicações de seus clientes e, ao mesmo tempo, favoreçam a redução de emissões e o consumo de combustíveis e, como consequência, a preservação ambiental. Alguns exemplos recentes são a nova linha de caminhões, premiada nacional e internacionalmente pelo seu design e funcionalidade; o pioneirismo no desenvolvimento de veículos com combustíveis alternativos e de fontes renováveis, como o AGRALE Marruá elétrico e o ônibus híbrido diesel-elétrico Hybridus, e ainda, a tecnologia de tração 4x4 para mini e micro-ônibus.
 
Alguns desses recentes desenvolvimentos já estão em aplicação, como a tecnologia de tração 4x4, fornecida para os veículos Volare, sobretudo do programa Caminho da Escola, focado no transporte de estudantes da zona rural do País. Outros projetos estão em fase final de testes, como o Agrale Marruá elétrico, desenvolvido em parceria com a Itaipu binacional e a Stola.

Pioneirismo e tecnologia focada no cliente


A AGRALE iniciou suas atividades em 1962, com a fabricação de microtratores de duas rodas, ainda com a denominação de Indústria Gaúcha de Implementos Agrícolas S.A. – AGRISA. Rapidamente, transformou-se em exemplo de sucesso em um dos mais competitivos segmentos do mundo, com a imagem consolidada de pioneirismo, inovação, forte atuação em nichos de mercado e sólidas parcerias.
 
Esse sucesso pode ser medido pela liderança nacional no segmento de chassis leves, há 14 anos consecutivos, e na produção de tratores para a agricultura familiar e de pequeno porte, há mais de 45 anos. A história da AGRALE está fortemente ligada à mecanização da atividade rural do País, com o desenvolvimento de tratores que permitiram ao pequeno produtor adquirir a sua primeira máquina agrícola.
 
Nos últimos anos a AGRALE apresentou significativo aumento de produção e de vendas de todas as suas linhas de produtos e conquistou projeção internacional, sobretudo na América Latina. Entre os fatores que contribuíram para o bom desempenho nos mercados nacional e externo estão os importantes acordos tecnológicos, em todas as suas linhas de produtos, como os firmados com a Navistar, para produção dos caminhões International no Brasil, e com a Marcopolo, para fornecimento do chassi dos miniônibus Volare.

A fabricante firmou-se como uma das empresas mais inovadoras do setor automotivo brasileiro. Foi a primeira, em 2006, a desenvolver tratores e veículos movidos a biodiesel. Também foi pioneira na fabricação, em 2003, de ônibus movidos a GNV (Gás Natural Veicular) e na introdução da família de chassis Midibus, criando o segmento de PBT de 12 toneladas.


30 ANOS DE PRODUÇÃO DO PRIMEIRO CAMINHÃO AGRALE


No ano que comemora o cinquentenário de sua fundação, a AGRALE S.A. também completa 30 anos de produção do seu primeiro caminhão, o TX 1100, lançado no início de 1982, marco do ingresso da empresa na fabricação de veículos. O TX 1100, que era equipado com motor diesel Agrale M790 de dois cilindros, tornou-se uma nova opção no segmento de caminhões leves, introduzindo no mercado o conceito de veículos compactos e econômicos. Em seu primeiro ano de produção, atingiu volume de 200 unidades comercializadas, um marco na história da empresa.
 
Logo em seguida, a AGRALE lançou dois novos modelos, o AGRALE 1600 e AGRALE 1800, veículos compactos e destinados ao transporte urbano, com rodado traseiro simples e duplo e capacidade de carga útil, mais carroceria, entre 2.160 kg e 2.300 kg. Em 1993, a Agrale iniciou a comercialização dos dois modelos na Argentina, fruto de parceria com a empresa alemã Deutz. O sucesso alcançado pelos veículos foi tão grande que a companhia chegou ter cerca de 25% de participação no mercado argentino, no final dos anos 90.
 
Ainda em 1993, a AGRALE promoveu uma significativa mudança em sua linha e desenvolveu caminhões ainda mais robustos, para atender à crescente demanda, com maior capacidade de carga e para as aplicações mais diversas. O primeiro modelo foi o AGRALE 7000D, seguido depois pelos modelos 7500D, 5000D e 4500D, com rodados simples e duplo.
 
Com importantes inovações tecnológicas para a época, os modelos foram os primeiros com longarinas retas e planas, que proporcionavam maior resistência, durabilidade e diversificação para encarroçamento, além de suportarem com maior eficiência os esforços de flexão e torção do conjunto.
 
Em 2003, a AGRALE lançou o caminhão 9200, o único modelo do mercado da categoria leves com cabine estendida. A empresa também introduziu uma nova cabine nos modelos 6000, 7500 e 8500. Em 2007, ingressou no segmento de médios, com o AGRALE o  13000. Três anos mais tarde, apresentou ao mercado o seu primeiro cavalo-mecânico para o segmento leve, o Agrale 8500 TR.

Premiada linha 2012

 Em outubro de 2011, a Agrale apresentou a sua família 2012 de caminhões leves e médios, com motorização PROCONVE P7 (Euro V) e com uma inédita cabine. Antes de começarem a ser produzidos, os veículos conquistaram dois importantes prêmios de design – Prêmio de Design MCB, no Brasil, e Prêmio iF Design Award, na Alemanha.
 
Os novos caminhões AGRALE têm cabine com visual marcante e arrojado, interior amplo e muito mais ergonômico e confortável, praticidade e confiabilidade de sua mecânica. Também contam com a sofisticação de itens inéditos, como painel de instrumentos com computador de bordo, faróis, lanternas e luzes de direção em LED, vidros e espelhos com acionamento elétrico, novo sistema de ar-condicionado e o exclusivo Daytime Running Light, dispositivo de acendimento automático dos faróis mesmo durante o dia.
 
Com PBT entre 6.500 kg e 22.000 kg, os veículos foram concebidos com foco no negócio dos seus clientes e usuários, para tornar o transporte mais rápido, seguro, com economia de combustível, e mais tecnologia. A linha é composta por quatro novos modelos – 6.500, 8.700, 10.000, 14.000, também na versão 6X2 (com terceiro eixo original de fábrica) - que incorporam as mesmas e importantes tradicionais características de baixos custos de aquisição e operacional, robustez, fácil manutenção e vida útil mais longa.

 

Atualidade

Hoje, a AGRALE S.A. produz uma das mais completas linhas de caminhões, chassis para ônibus, utilitários, tratores e motores diesel do mercado brasileiro e conta com quatro parques industriais, três deles localizados na cidade de Caxias do Sul (RS) e um em Mercedes, Província de Buenos Aires, na Argentina. A empresa possui quatro subsidiárias (Agrale Montadora, Agrale Argentina, Agrale Comercial e Lintec) e emprega mais de 1.800 colaboradores em instalações que totalizam mais de 86 mil m² de área construída.