23 de Junho, 2012 - 13:00 ( Brasília )

Terrestre

BAE Systems Modernizará os CV90 da Noruega

BAE Systems fecha contrato para modernização e montagem de veículos blindados com a Noruega

ÖRNSKÖLDSVIK, Suécia– Caberá à BAE Systems modernizar e montar veículos blindados de combate CV90 para o Exército da Noruega, segundo um contrato estimado em £500 milhões (US$ 750 milhões), firmado com o governo do país.

A empresa deverá modernizar a atual frota de 103 veículos CV9030, datados dos meados da década de 90.  Além disso, a empresa também está encarregada de fornecer novos chassis, de modo que os 144 veículos CV90 possam ser configurados de diferentes formas, incluindo uma variante equipada com um conjunto de sensores, adquirindo assim uma maior capacidade de vigilância.

“Nossa experiência com os veículos CV90 é longa, o que nos permitiu adquirir um considerável conhecimento do sistema. Razão pela qual, optamos por novos desenvolvimentos junto com o nosso fornecedor da Suécia”, explicou Petter Jansen, diretor executivo da Organização Norueguesa de Logística da Defesa.  “Trata-se de um dos maiores investimentos feitos pelo Exército, sendo uma importante parte do plano de modernização de nossas forças armadas”.

De acordo com o projeto, serão fornecidos 74 veículos de combate de infantaria, 21 de reconhecimento, 15 de comando, 16 de engenharia, 16 de multiemprego e dois de treinamento de condutores.  Os veículos de multiemprego podem realizar diferentes tarefas, inclusive carregar morteiros e executar funções de logística.

“Este pedido comprova a confiança depositada pela Noruega na família de veículos CV90”, afirmou Tommy Gustafsson-Rask, presidente da BAE Systems Hagglunds.  “Continuaremos investindo no sistema CV90 e desenvolvendo o veículo, para mantê-lo na vanguarda tecnológica e, sobretudo para incorporar aperfeiçoamentos em suas capacidades de proteção e digitalização, a fim de que permaneça sendo o veículo mais avançado do mundo, em sua categoria”.

Com a incorporação das lições aprendidas com as operações norueguesas no Afeganistão, a nova frota de veículos terá muito maior capacidade de proteção, sobrevivência, noção da situação no entorno, inteligência e interoperabilidade.

A indústria norueguesa desempenhará um papel preponderante.  Caberá à Kongsberg Defence & Aerospace liderar a equipe da Thales Norway e Vinghøg.  A equipe da Kongsberg estará encarregada do sistema integrado de dados e informações, inclusive da integração dos sistemas de armas, sensores, comunicações e segurança.  Todas as variantes dos veículos serão equipadas com a estação de armas remota Kongsberg Protector.

O veículo CV90 sueco é a opção dos países nórdicos (Noruega, Suécia, Dinamarca e Finlândia), assim como da Suíça e da Holanda.  O primeiro CV90 foi entregue à Suécia, em 1993, sendo que o número de veículos deste veículo, já encomendados deverá subir para mais de 1.200.

Sobre a BAE Systems

A BAE Systems é uma empresa global que atua nos segmentos de segurança, defesa, e aeroespacial com aproximadamente 94.000 funcionários em todo o mundo. A companhia fornece uma linha completa de produtos e serviços para forças aéreas, terrestres e navais, bem como soluções avançadas em eletrônica, segurança, tecnologia da informação e serviços de suporte a clientes. Em 2011, a BAE Systems alcançou vendas no valor de £19.2 bilhões, cerca de US$ 30.7 bilhões.
 
No Brasil, a BAE Systems está presente desde os anos 70, por meio de sua predecessora a VT Shipbuilding. Atualmente, a empresa mantém um escritório em Brasília (DF), que dá suporte às Forças Armadas, no que diz respeito a equipamentos como canhões navais, radares, veículos blindados, controles de voo para aeronaves, entre outros; e que busca estabelecer parcerias mutuamente benéficas, por meio da transferência de tecnologia, com os setores de segurança e defesa brasileiros.