26 de Abril, 2019 - 10:20 ( Brasília )

Terrestre

Exército Brasileiro fiscaliza no Paraná e Santa Catarina mais de 20 mil mercadorias que chegam do exterior


Todos os anos, passam pelo Centro Internacional dos Correios milhares de mercadorias adquiridas no exterior e que saem do Centro de Distribuição de Curitiba para todo o país.

Nesse local, chegam as mercadorias importadas com até 10 quilos. O Exército Brasileiro e a Receita Federal são os responsáveis pela triagem desse material, cabendo ao primeiro o foco na aquisição de produtos controlados, tais como armas e munições.

O 5º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado (5º GAC AP), organização militar do integrante do Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados da 5ª Região Militar (SFPC/5), é a responsável por fiscalizar tais encomendas no âmbito dos Estados do Paraná e Santa Catarina.

“O SFPC/5 processa em um scanner cerca de 12 mil pacotes de mercadorias por semestre, sendo que 70% desses pacotes são retidos por serem descaminhos de armas e munições ou produtos controlados importados sem autorização prévia como prevê o regulamento”, afirma o Segundo-Tenente Klinger Cadete Cunha, chefe da equipe de comércio exterior.

As armas e munições apreendidas são diretamente recolhidas pela Polícia Federal, que abre processo criminal respectivo. O Presidente Nacional dos Correios, General Juarez Aparecido de Paula Cunha, esteve em Curitiba para conhecer o trabalho da equipe de fiscalização. Durante a visita, a equipe apreendeu um simulacro de pistola que foi importado ilegalmente.


Fonte: 5ª RM


ÚLTIMAS

Terrestre

MAIS LIDAS