07 de Outubro, 2011 - 07:35 ( Brasília )

Terrestre

BAE Systems moderniza obuses do Chile


ARLINGTON, Virgínia – A BAE Systems fechou um contrato no valor de 15,8 milhões de dólares para reformar e modernizar 12 obuses M109A5 para o governo do Chile, por meio de um contrato internacional de vendas militares.
 
“Os obuses permitirão às unidades de artilharia chilenas o alcance de um significativo aumento na capacidade de fornecer suporte preciso e eficaz ao Exército do Chile”, disse Joe McCarthy, vice-presidente e gerente geral da área de Veículos de Combate da BAE Systems. “A família de veículos M109 tem um longo histórico de alto desempenho e confiabilidade. Trata-se de um sistema comprovado em combate que já desempenhou papéis vitais, apoiando com poder de fogo várias operações militares do Exército dos EUA e de seus aliados”.
 
O obus M109A5 auto-propulsor aumenta o poder de fogo a um custo acessível, tanto na forma de um veículo novo ou modernizando configurações anteriores do modelo M109. O canhão M284 e o suporte M182 dos obuses aumentam em 25% o poder de fogo em comparação com as versões anteriores do M109. O M109A5 pode ser facilmente ajustado às necessidades específicas da missão, incluindo maior capacidade para estocar e melhor manuseio da munição, sistemas de posicionamento e navegação, controle automático de fogo e sistemas de comunicação. O modelo M109A5 apresenta também melhorias em certos aspectos críticos como confiabilidade, manutenção e segurança da tripulação.
 
De acordo com este contrato, caberá ao governo dos EUA fornecer os obuses ao governo chileno e à BAE Systems executar os trabalhos de reforma e modernização. A reforma dos veículos prevê a substituição de equipamentos obsoletos e a recuperação do veículo à condição de quase novo. Além disso, a empresa deverá incorporar conectividade digital para transmissão de dados e sistemas de posicionamento do canhão e de navegação, visando menor tempo de posicionamento, menor tempo de resposta a chamadas de fogo e maior capacidade de sobrevivência.
 
“O trabalho referente a este contrato não apenas confere suporte ao programa de modernização do Exército do Chile, como também fortalece a cooperação entre as Forças Armadas dos EUA e Chile. Vemos com otimismo a possibilidade de continuar oferecendo suporte às Forças Armadas do Chile no futuro”, disse McCarthy. 
 
Além deste contrato M109A5, a BAE Systems prestou assistência ao Chile em seu programa de reforma do veículo de transporte de pessoal M113, de 2003 a 2005. 
 
Quanto ao contrato M109A5, o trabalho previsto será executado pela força de trabalho que a BAE Systems mantém em York e Fayette, na Pensilvânia e em Aiken, na Carolina do Sul. O início do trabalho foi marcado para agosto de 2011 e sua conclusão deverá ocorrer em outubro de 2012.