20 de Setembro, 2018 - 11:50 ( Brasília )

Terrestre

EB - 18ª Semana de Comunicação Social 2018: comunicação e esporte


Nos dias 2 e 3 de outubro de 2018, o Exército Brasileiro, por meio do Centro de Estudos de Pessoal e Forte Duque de Caxias, realiza a 18ª Semana de Comunicação Social 2018, no Rio de Janeiro, com o tema “Comunicação e Esporte”.

O evento tem objetivo de ser um espaço para debates e troca de experiências acadêmicas e profissionais, buscando potencializar o papel da Comunicação Social, como ferramenta para fomentar ações dinâmicas e criativas, no contexto das competições esportivas.

O primeiro dia proporcionará um ambiente de reflexões, com viés mais teórico, e o segundo trará uma experiência prática, como foco principal dos diálogos. Participarão do seminário ilustres personalidades envolvidas com a temática em questão, divididas nas seguintes mesas: “Esporte e Comunicação nas Forças Armadas”; “Produzindo Comunicação Esportiva: Experiências Profissionais”; “Comunicação, Esporte e Identidade no Brasil” e “Comunicação Social em Megaeventos Esportivos".

Serviço:

18ª Semana de Comunicação Social 2018:comunicação e esporte

- Data: 2 e 3 de outubro de 2018 (terça e quarta).
- Horário: de 9:00 às 16:00 horas.
- Local: Centro de Estudos de Pessoal e Forte Duque de Caxias, Praça Almirante Júlio de Noronha, S/N, Leme, Rio de Janeiro.
-O evento é aberto à imprensa e ao público.
- Outras informações: Seção de Comunicação Social do Centro Centro de Estudos de Pessoal (CEP), cep.comsoc@gmail, (21) 3223 5019 ou www.cep.eb.mil.br.
- As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas acessando formulário.


Com equipe familiar, corredor do Exército Brasileiro obtém destaque em modalidade extrema do atletismo


Se você considera os 42.195 metros da maratona algo desgastante, o que dizer de uma competição que ultrapassa essa distância? Ela existe e se chama ultramaratona, nome genérico dado às corridas a pé que superam o trajeto oficial da mais conhecida prova do atletismo. Um competidor do Exército Brasileiro é destaque nesse tipo de evento.

É o Tenente Flavio Fernandes Vieira, 49 anos, atualmente servindo no Estado-Maior do Exército, em Brasília, que acaba de obter mais dois excelentes resultados para o seu já vitorioso currículo.

No mês de agosto, o atleta competiu na Ultramarathon 24 hs Run, em Campinas (SP), disputada entre os dias 25 e 26. A prova foi realizada no Parque Portugal, na região da Lagoa do Taquaral, reunindo corredores de diversas partes do Brasil.

O Tenente Flavio Vieira percorreu a distância de 218 km e alcançou a primeira colocação. Menos de duas semanas depois, o corredor já estava em ação mais uma vez. Entre os dias 8 e 9 de setembro, ele disputou a Corrida 24 horas de Brasília, realizada no Parque da Cidade. Repetindo o desempenho obtido em Campinas, o atleta faturou a prova, percorrendo 191,5 km.

"Essa corrida foi mais desgastante, pois tive pouco tempo de recuperação em relação à prova anterior. Mas com o apoio da família, que sempre está ao meu lado, consegui superar as adversidades", ressaltou Flavio Vieira, que corre de modo competitivo há 28 anos, tendo adotado a ultramaratona em 2012.

Quando o atleta cita o suporte familiar, não é apenas um agradecimento. A sua esposa, Raquel, e os filhos, Flavia e Vinícius, compõem a equipe "Família Ultra", que o acompanha nas competições no Brasil e no exterior, prestando apoio de reposição alimentar, suplementação e logística para competições tão longas.

E será justamente fora de nossas fronteiras o próximo desafio do corredor e sua equipe. Entre os dias 16 e 20 de novembro, ele disputará o 4º Authentic Phidippides Run, prova de 490 km disputada na Grécia.

No ano passado, o ultramaratonista alcançou na terceira colocação geral, ficando com o título da categoria de sua faixa etária (40 a 49 anos). No Brasil, o atleta já está classificado para um dos principais eventos da modalidade, a Ultramaratona BR-135, que acontecerá no dia 17 de janeiro de 2019, entre as cidades de São João da Boa Vista (SP) e Paraisópolis (MG).

Pela 1ª vez, mulheres disputam modalidades em competição desportiva das escolas de formação de oficiais


A principal competição esportiva entre as escolas preparatórias de formação de oficiais das Forças Armadas – a NAE – conta, pela primeira vez de sua história, com a participação das alunas em provas como atletismo, natação e orientação.

As alunas representam a força e a garra do sexo feminino e emocionaram os presentes, demonstrando superação em cada obstáculo. Denominada "Torneio integração", essa é a 50ª edição da NAE. Ela teve início dia 15 e prossegue até 21 de setembro, na Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx), em Campinas.

Todos os atletas são alunos das escolas – o Colégio Naval (CN), a EsPCEx e a Escola Preparatória de Cadetes dos Ar (EPCAr) – e têm idades entre 17 e 22 anos. Apesar da intensa preparação durante o ano, a competição acontece em um clima de camaradagem e lealdade.

Estão sendo disputadas 11 modalidades esportivas. Além de esportes tradicionais como o futebol, o vôlei, o basquete, a natação, o judô, o atletismo e o xadrez, os atletas disputam outras provas mais comuns no meio militar como a esgrima, a orientação, o triatlo militar e o tiro esportivo.

O objetivo da competição é desenvolver a integração entre os alunos das três Forças, estimular o gosto pelo esporte e cooperar com a formação do espírito de corpo.

A Comissão Desportiva Militar do Brasil, subordinada ao Ministério da Defesa, e representante do País junto ao Conselho Internacional de Desporto Militar, é o órgão responsável pela competição. A organização da NAE é atribuída, a cada ano, a uma das três escolas participantes. Neste ano, a responsabilidade cabe à EsPCEx.



ÚLTIMAS

Terrestre

MAIS LIDAS