28 de Junho, 2018 - 10:00 ( Brasília )

Terrestre

EB - Fiscalização do comércio de armas de fogo e munições


(AM) Na Amazônia Ocidental fecha com resultados positivos

O Exército Brasileiro encerrou, no dia 21 de junho, a Operação Alta Pressão VI, que teve como objetivo intensificar a fiscalização do comércio de armas de fogo e munições, reduzindo, assim, seu desvio, visto que poderiam parar no comércio ilegal.

A ação foi promovida pela Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados (DFPC) e ocorreu, de maneira simultânea, em todo País. Na área da Amazônia Ocidental, a operação foi conduzida pelo Serviço de Produtos Controlados da 12ª Região Militar, que foi responsável por fiscalizar 52 empresas durante a Operação.



Para tanto, foram empregados quase 50 militares do Exército Brasileiro, além da importante participação da Polícia Federal, da Polícia Militar do Amazonas e da Secretaria de Estado da Fazenda. O balanço final, considerando a atuação na Amazônia Ocidental, foi de 11 estabelecimentos autuados; 10 armas apreendidas, sendo cinco pistolas, quatro revólveres e uma espingarda; 3.500 espoletas; além de munições de diversos calibres e estojos.

Dessa forma, a Operação Alta Pressão VI alcançou resultados positivos ao que foi planejado, pois as operações visam incrementar a sensação de segurança, a dissuasão ao crime e fortalecer a confiança da sociedade para com as Instituições envolvidas.

(SC) 1º Batalhão Ferroviário inspeciona comércios de armas e munições


Dentro do contexto da Operação Alta Pressão VI, que está atuando na fiscalização de produtos controlados pelo Exército, como armamento, munição e explosivos, o 1º Batalhão Ferroviário (1º B Fv) está realizando a inspeção nos municípios sob sua responsabilidade.

O Batalhão possui 52 (cinquenta e dois) municípios da Serra Catarinense em seu mapa de controle desses produtos e está realizando uma intensa fiscalização nos municípios que possuem comércio ou depósito de material de uso restrito.

Nesta semana, a equipe da Seção de Fiscalização de Produtos Controlados (SFPC) do 1º B Fv deslocou-se para o município de Anita Garibaldi, cidade do interior do estado de Santa Catarina, a 110 km de Lages (sede do Batalhão), com a finalidade de inspecionar lojas de “Caça e Pesca” que comercializam armamentos e munições. Durante a operação, foram realizadas inspeções em duas lojas que comercializam produtos controlados, não sendo encontrada nenhuma irregularidade, mas a equipe da SFPC prestou esclarecimentos e orientações para os lojistas e alertou quanto aos cuidados no controle e armazenagem de armamentos e munições. 

O objetivo da inspeção vai além da atividade-fim, que é a de fiscalizar, pois proporciona, ainda, à sociedade a presença permanente do Exército Brasileiro, por intermédio do 1º B Fv., nas ações de controle e de fiscalização desses produtos, visando reprimir o comércio ilegal de armas e munições.



ÚLTIMAS

Terrestre

MAIS LIDAS