26 de Maio, 2017 - 09:00 ( Brasília )

Terrestre

Cadetes realizam Operação Ribeirinha


Com o objetivo a preparar o futuro oficial a operar nas imensas áreas brasileiras, onde os cursos d'água representam as principais “estradas”, o Curso de Infantaria da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), em conjunto com o Curso de Engenharia, realizou, no período de 14 a 18 de maio, a Operação Ribeirinha. O exercício foi executado na Represa do Funil e contou com o apoio de duas aeronaves HM1 Pantera do 2º Batalhão de Aviação do Exército.

Durante a semana, os cadetes de Infantaria e Engenharia participaram de instruções de nivelamento e de missões de patrulha. Dentre as instruções de nivelamento, ressalta-se as de técnica fluvial, técnicas de abordagem do objetivo, patrulhas, orientação fluvial diurna e noturna, tiro embarcado, técnicas de infiltração, maneabilidade de embarcações e hellocasting (técnica de desova em meio aquático com emprego de aeronaves). As ações de patrulha, por sua vez, foram marcadas pela realização de uma infiltração aeromóvel, ocupação de bases de patrulha, patrulhas de ressuprimento e patrulhas de combate nível Pelotão e Subunidade.

O exercício representou uma oportunidade singular para que os cadetes conheçam, não apenas a doutrina de emprego e os meios peculiares ao ambiente operacional ribeirinho, mas também aprendam a valorizar a integração com as outras armas para ampliação do poder de combate da Força Terrestre.



Fotos: AMAN / Agência Verde-Oliva - EB


VEJA MAIS