29 de Julho, 2015 - 09:30 ( Brasília )

Terrestre

Comando Militar do Norte – General Etchegoyen visita Tiriós e Macapá


No dia 25 de julho, o Comando Militar do Norte (CMN) recebeu o Chefe do Estado-Maior do Exército, General Sergio Westphalen Etchegoyen, acompanhado do Comandante Militar do Norte, General Oswaldo de Jesus Ferreira, e do Comandante da 8ª Região Militar, General Humberto Francisco Madeira Mascarenhas, que realizou visita à área de responsabilidade do CMN.

O Gen Etchegoyen conheceu o Pelotão Especial de Fronteira de Tiriós, onde inspecionou as obras da organização militar e assistiu a uma apresentação sobre a construção da Micro Central Hidrelétrica, que atenderá aos militares e à população local e, em seguida, visitou a comunidade indígena Tirió, na qual conversou com lideranças locais.

A comitiva deslocou-se ao Comando de Fronteira do Amapá/34º Batalhão de Infantaria de Selva (Macapá), onde visitou as instalações da Unidade e vistoriou as obras de construção da 22ª Brigada de Infantaria de Selva.

No dia 7 de julho, o Chefe do Estado-Maior do Exército (EME), General Etchegoyen, acompanhado do Comandante Militar do Nordeste, General Pafiadache; do Comandante da 7ª Região Militar (7ª RM), General Marcio; e do Coordenador da Operação Carro Pipa, General Fioravante; realizou uma visita à Guarnição de Natal.

O Chefe do EME conheceu a área de atuação do 7º Batalhão de Engenharia de Combate na distribuição de água para o semiárido Nordestino (Operação Carro Pipa) e teve uma visão geral dos trabalhos relativos à Operação.


Assessoria Militar Brasileira do Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais do Exército Suriname – Exercício no Terreno¹

Nos dias 6 e 7 de julho, os Assessores Militares Brasileiros do Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais da Voortgezette Officiers School (Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais do Suriname), Major Carlos Augusto da Silva Néto e Capitão Mauro César da Cruz Magalhães, participaram de um exercício no terreno de operações ofensivas dos Cursos de Infantaria e Logística, durante o qual foram consolidados aspectos doutrinários sobre ataque coordenado, ataque em localidade e aproveitamento do êxito.

¹Fonte: ASSMILSur