08 de Julho, 2015 - 10:30 ( Brasília )

Terrestre

Exército dos EUA cortará 40 mil soldados nos próximos dois anos, diz USA Today


O Exército dos Estados Unidos planeja dar baixa a 40.000 soldados nos próximos dois anos, afetando todos os seus postos, tanto domésticos quanto internacionais, afirmou o jornal USA Today nesta terça-feira, dizendo que o serviço militar também planeja cortar 17.000 funcionários civis.

Os cortes reduziriam o efetivo do Exército dos atuais 490.000 soldados para 450.000, menor número desde antes de o país ter entrado na Segunda Guerra Mundial.

A redução das tropas foi inicialmente anunciada em fevereiro de 2014, quando o então secretário de Defesa, Chuck Hagel, revelou o orçamento do Pentágono para o ano fiscal de 2015. Os números também foram incluídos em documento que descrevia os planos do Pentágono para um horizonte de quatro anos: Revisão Quadrienal da Defesa, de 2014.

Oficiais da Defesa confirmaram nesta terça-feira que o Exército estava seguindo adiante com o plano para reduzir pessoal civil e uniformizado, e deve anunciar detalhes na quinta-feira sobre quais unidades seriam afetadas pelos cortes.

Essas baixas acontecem num momento em que o Pentágono tenta absorver quase 1 trilhão de dólares em reduções de gastos de Defesa no período de mais de uma década.