26 de Dezembro, 2014 - 11:50 ( Brasília )

Terrestre

AD/5 enfrenta o "General Lama" na Op. Marechal Setembrino de Carvalho


Com o objetivo de cumprir sua missão de aprofundar o combate, coordenando o apoio de fogo da 5ª Divisão de Exército, bem como aumentar o apoio de fogo proporcionado pelos Grupos de Artilharia orgânicos das Brigadas da Divisão “Heróis da Lapa” em operações militares de Defesa Externa, a AD/5 realizou no período de 24 a 28 de novembro, no Campo de Instrução Marechal Hermes (Três Barras/SC), a “Operação Marechal Setembrino de Carvalho”.

O Exercício de Adestramento Avançado do Sistema de Apoio de Fogo da 5ª DE contou com a participação das seguintes Organizações Militares: Bia C AD/5, 15° GAC AP, 5° GAC AP, 26° GAC, 28° GAC, 5° B Log, 27° B Log, 14° R C Mec e 5ª Cia PE.

Durante o Exercício foram realizados tiros dos Obuseiros M 108 AP, M 101 AR, M 109 AP, Light Gun L 118, do Morteiro Mrt P 120mm e da Metralhadora .50 M2 Browming.



Um desafio a mais, enfrentando a Lama

A chuva que cai em Santa Catarina já causou estragos muitos estragos no na região, é um problema a ser enfrentado pelo o Exército que se movimenta por vias sem pavimentação no interior do Brasil.  As dificuldades de transporte e sua importância em eventos militares ao longo da história e se fez presente durante a Operação Barbarossa  na  Segunda Guerra Mundial, onde foi um fator decisivo no avanço da Wehrmacht.



O General Lama em ação na história

Menos famoso que o "General Inverno", o "General Lama" foi o primeiro problema enfrentado pelos alemães no início de outubro de 1942, depois de fazerem grandes avanços pelo interior da União Soviética, conquistado uma área quatro vezes maior que a Grã-Bretanha, durante a operação Barbarossa. À medida que as chuvas começaram, os panzers não conseguiam se mover nas estradas enlameadas e a Luftwaffe não podia mais decolar, pois as bases dos aviões eram em campos improvisados. Os alemães começaram a literalmente afundar na lama.

Terminado o mês de outubro com o "General Inverno" se aproximando, o solo endureceu e imobilizando praticamente  todo o exército mecanizado alemão e os panzers chegaram a apenas 15 quilômetros de Moscou. Em dezembro Hitler teve de admitir que os avanços eram impossíveis, e suspendeu a campanha durante o inverno.