16 de Maio, 2014 - 16:30 ( Brasília )

Terrestre

EB treina táticas de combate no Espírito Santo

Seis militares estrangeiros também participam do treinamento. Aulas são de topografia, de estratégias e de equipamentos.

Uma turma da Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais (Esao), do Exército Brasileiro sediada no Rio de Janeiro, está no Espírito Santo para fazer treinamento militar e curso de aperfeiçoamento até esta sexta-feira (16). Entre aulas de topografia, de estratégias e de equipamentos, os militares vão a campo para aprender, na prática, como fazer planejamentos táticos de guerra.

Além dos militares brasileiros, a turma da Escola de Oficiais conta com a presença de seis militares estrangeiros. Os oficiais vêm de países da América Latina, como Argentina, Equador, Peru, Venezuela e Uruguai, e da África, como Senegal.

O capitão do Exército e instrutor da Esao, Thiago Garcia Pereira, explicou que o curso atualiza e amplia os conhecimentos de todos os oficiais formados pela Academia Militar das Agulhas Negras (Aman) e dos médicos militares formados pela Escola de Saúde do Exército (Essex) ao atingirem o posto de capitão.

Garcia explicou que no primeiro semestre deste ano a turma passa pelo treinamento de defesa e que, somente no segundo semestre, o contingente passará pela simulação de ataque. Nesta primeira parte, segundo informações do oficial, os militares simulam uma linha de fronteira, pela qual um país inimigo tenta ultrapassar. A simulação também conta com movimentos retrógrados, ou seja, recuar no território, cedendo espaço para os inimigos, o que faz com que eles se cansem e percam efetivo.

Cerca de 142 oficiais, entre eles seis estrangeiros, passaram a tarde de terça-feira (13) em Viana, na região Metropolitana de Vitória, para realizar o curso. A região escolhida para a simulação foi Camboapina que, de acordo com o capitão Garcia, tem um terreno propício. O município de Iconha, na região Sul do estado, também vai receber os militares para treinamento.

Outras cidades também estão no roteiro para treinamento, entre elas Santa Maria, no Rio Grande do Sul; Uberlândia, em Minas Gerais; e Manaus, no Amazonas, onde a turma vai simular o combate de selva.