10 de Maio, 2013 - 11:43 ( Brasília )

Terrestre

Na Rússia testaram obus eletroquímico

Na Rússia testaram um dispositivo de artilharia experimental termoeletroquímico.

Pelo alcance de artilharia a peça supera dispositivos de artilharia tradicionais em 1,5 vezes.

A deflagração da carga em tal obus se efetua com ajuda da iniciação de plasma, por uma descarga especial – informa uma fonte no complexo militar-industrial. Por conta da utilização do plasma além da energia cinética, o pulso eletromagnético afeta o projétil.

O obus experimental foi elaborado na base do dispositivo de artilharia autopropulsada de 152mm 2S35   Koalitsiya-SV  . Os testes tiveram um caráter científico e agora se discute a possibilidade de melhorar a peça para ser usada em tropas.