18 de Setembro, 2012 - 11:35 ( Brasília )

Tecnologia

Rio vira polo de turbinas para aviação e petróleo

Três grupos empresariais instalados no estado negociam ações conjuntas em qualificação e atração de fornecedores

Flávia Oliveira


O Estado do Rio caminha para se tornar um polo de manutenção e montagem de turbinas para os setores de aviação e óleo e gás. Um trio de empresas com investimentos crescentes no setor já negocia programas conjuntos de qualificação profissional e também de atração de fornecedores.

O governo fluminense apoia, diz Julio Bueno, secretário de Desenvolvimento Econômico: "GE Celma, Turbomeca e Rolls Royce já têm escala para pensar em ações conjuntas em RH e no desenvolvimento de fornecedores e serviços". Nas contas da Sedeis, as três empresas estão investindo R$ 235 milhões, que vão gerar 650 empregos diretos e quase dois mil indiretos.

A GE abriu no Rio uma oficina para revisão de turbinas aeroderivativas, que geram energia em plataformas da Petrobras. A GE Celma, do mesmo grupo, instalou em Petrópolis linha de montagem de turbinas para equipar os aviões Embraer 190 e 195. Este ano, vai produzir 40; em 2015, 250, diz João Moragas, diretor financeiro da GE Celma.

A Rolls Royce está construindo, em Santa Cruz, uma fábrica de R$ 200 milhões para produzir 32 turbogeradores para a Petrobras. O contrato é de US$ 650 milhões.

A TURBOMECA, em Xerém, monta e faz manutenção de turbinas de helicópteros EC-725, das Forças Armadas. Pode montar 400 motores por ano. É a única linha de produção do grupo SAFRAN fora da França.

Matéria Relacionada


TURBOMECA - Inaugura Expansão das Instalações em Xerém Link