12 de Junho, 2012 - 07:50 ( Brasília )

Tecnologia

RIO+20 - Agrale Marruá elétrico é destaque

Veículo será utilizado em áreas de preservação ambiental

O protótipo do utilitário Agrale Marruá movido com motorização 100% elétrica é um dos destaques da Itaipu Binacional na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. Fruto de parceria entre a Itaipu Binacional, a Agrale S/A e a Stola do Brasil, o Marruá AM 50, com tração nas quatro rodas, é um veículo ecológico com motorização de 54 cv de potência e torque de 130 Nm (13,3 mkgf).
 
O veículo possui duas baterias de sódio recarregáveis, com autonomia de aproximadamente 100 quilômetros. “As baterias do Agrale Marruá Elétrico são recicláveis e apropriadas para clima tropical. Sua matéria-prima é o sódio, que é encontrado em grande quantidade no planeta. Outro diferencial é que elas são três vezes mais leves que a bateria chumbo-ácido convencionais”, explica o diretor técnico da Agrale, Pedro Soares.
 
“Estamos desenvolvendo um utilitário 4x4 extremamente silencioso e que não polui o meio ambiente, com emissão zero de quaisquer gases poluentes (CO2, HC e NOx) e também de material particulado (comum nos veículos movidos a diesel). O veículo-conceito mantém as principais características da família Marruá, especialmente o seu desempenho off-road, sua robustez e sua versatilidade. O modelo poderá ser utilizado em áreas de preservação, pois não polui e tem baixíssimo nível de ruído e não causa reflexos ou danos ao ecossistema e aos animais. Ele é ideal para atividades de caráter ambiental”, explica Soares.
 
Utilitários Agrale Marruá
 
A família de utilitários Agrale Marruá é composta pelos modelos AM100, AM150, AM200 e AM 300, na versão civil, todos com opção de cabine simples e dupla com ou sem caçamba. Os modelos têm suspensão dianteira com barras longitudinais e transversais com barra tipo Panhard e suspensão traseira com eixo rígido motriz, PBT que vai de 3.500 a 6.000 kg e capacidade máxima de tração (CMT) entre 5.595 e 11.000 kg.
 
Com diversidade de utilizações, o Agrale Marruá tem boa capacidade de carga, robustez, baixo custo operacional e grande versatilidade nas aplicações, especialmente em serviços severos como na mineração, reflorestamento e redes de energia.