17 de Fevereiro, 2012 - 08:00 ( Brasília )

Tecnologia

Conselho da Telebras aprova memorando de entendimento com Odebrecht Defesa


A Telebras apresentou ao conselho de administração a minuta de um memorando de entendimento com a Odebrecht Defesa para o projeto de cabos submarinos que pretende lançar em direção aos EUA, Europa e África. O modelo que está sendo estudado é semelhante àquele adotado com a Embraer para o Satélite Geoestacionário Brasileiro (SGB). Será criada uma empresa conjunta entre as duas sociedades com o objetivo de explorar serviços de voz e dados através dos cabos submarinos.

Segundo fonte do governo, essa nova empresa teria sinergia com outros negócios da Odebrecht, que tem presença mundial. É provável que essa joint-venture tenha uma filial nos EUA para superar limitações legais e garantir a conexão do cabo brasileiro com as redes norte-americanas.

O presidente da Telebras, Caio Bonilha, disse em novembro, quando se reuniu com o ministro Paulo Bernardo e o presidente da Odebrecht Defesa, Roberto Simões, que o objetivo da parceria é baratear o preço da conectividade IP. Segundo Bonilha, a ideia é que o projeto esteja concluído até a Copa de 2014 e que possa servir de alternativa aos cabos operados por empresas privadas com preços mais baixos na conexão IP internacional. A própria Telebras seria um dos principais clientes desses cabos.