11 de Março, 2013 - 11:40 ( Brasília )

Tecnologia

DRONE - O caça tempestades

Avião Global Hawk da NASA, equipado com a tecnologia aq8580, da GE Intelligent Platforms, tem a capacidade de perseguir tempestades e prever seus impactos.

Nesses dias em que as chuvas de março fecham o verão no Brasil seria muito útil ter por aqui o avião Global Hawk. Essa aeronave não tripulada projetada pela NASA tem a capacidade de perseguir tempestades e até furacões, ficando bem no meio deles, a uma altura de até 18 mil metros. E, por levar a bordo a tecnologia daq8580, da GE Intelligent Platforms, ele consegue transmitir imagens do que está acontecendo em tempo real para uma equipe que fica em solo.

Dessa forma, os especialistas podem fazer a análise dos dados transmitidos e calcular os possíveis impactos da tempestade em andamento.

Basicamente, o que o nosso aparelho faz é comprimir as fotos que são tiradas pelo avião, deixando-as mais ‘leves’. “A compressão das imagens é fundamental para a transmissão dos dados, garantindo assim o sucesso da operação”, explica Don Sullivan, engenheiro de ciência da biosfera na NASA.

O Global Hawk ainda está em fase de testes, mas já provou que pode ser um grande aliado para evitar os impactos de fenômenos naturais como tempestades e furacões. Além disso, o avião pode ajudar a monitorar atividades ilegais. Tantoque o World Wildlife Fund anunciou recentemente sua intenção de utilizar veículos não tripulados para ajudar a enfrentar a prática da caça ilegal.

Fica aqui nossa torcida para que o avião Global Hawk se popularize não só em terras norte-americanas, mas também em outros países, como o Brasil. Pois assim, teremos a tecnologia e a inovação como grande aliada na prevenção dos impactos que os desastres naturais podem trazer na vida das pessoas.