COBERTURA ESPECIAL - Tank - Terrestre

11 de Julho, 2018 - 09:45 ( Brasília )

L-ATV (Novo Veículo Tático Leve do Exército Americano)



Cap CASTILHOS ALMEIDA – CI Bld
A Forja 77

O Centro de Excelência em Manobra (Maneuver Center Of Excellence – McoE) do Exército dos Estados Unidos (US Army) atualizou, no ínicio deste ano, os quadros de organização de pessoal e material das brigadas de combate.

Tal atualização contou – dentre outros fatores – com a adoção do novo Veículo Tático Leve (Joint Light Tactical Vehicle – JLTV), o qual vem para substituir a consagrada viatura multipropósito HMMWV (High Mobility Multipurpose Wheeled Vehicle; conhecida internacionalmente como: HUMVEE. Após lições aprendidas em sua campanha no Iraque em 2006, o Exército Americano decidiu adotar um novo modelo de viatura.



O HUMVEE foi desenvolvido para ter grande mobilidade e apresentava pouca blindagem e baixa taxa de sobrevivência diante de Artefatos Explosivos Improvisados. Esta viatura só era capaz de receber kits de blindagem adicional lateral, e mesmo nestas condições, não garantia a sobrevivência diante de ameaça sob o veículo.

Diante deste quadro, o exército estadounidense gastou cerca de U$50 bilhões no desenvolvimento e compra de viaturas blindadas que atendesse as demandas da tropa – visando a campanha no Afeganistão.

A empresa Oshkosh Defense apresentou a primeira versão do L-ATV em 2011. Desde então, a plataforma diminuiu um terço de sua altura e peso sem, no entanto, perder capacidade de garantia de sobrevida à tropa.



A versão comprada pelo exército americano é uma viatura multipropósito, capaz de ser aerotransportada por todas as aeronaves de transporte da Força Aérea Americana e compatível com uma variada gama de sistemas de armas, tais como: o Sistema Remoto de Armas (Remote Weapon System – RWS ) Protector LW 30 da Kongsberg e lançador de mísseis Hellfire M299.

Ainda, possui compatibilidade com o sistema de proteção ativo Trophy e o sistema de detecção Laser da Boeing. Todas estas medidas de proteção e potencial ofensivo fazem da viatura uma versátil e moderna viatura para atuar em todos os propósitos de emprego da Força Terrestre norteamericana.

Atualmente, 3.430 viaturas já foram compradas e estão sendo entregues de um contrato que prevê a impressionante entrega de 49.099 viaturas para o Exército – sem mencionar as 5500 viaturas para os Fuzileiros Navais – até o ano de 2020.



A viatura conta com diversas tecnologias que garantem a mobilidade fora de estrada como o patenteado e consolidado sistema de suspensão TAK-4i (Intelligente Indenpendent Suspension System), o qual conta com uma regulagem computadorazida (ligada ao barramento CAN da viatura).

Conta, também com o CORE 1080 Crew Protection System, que é o Sistema de Proteção da Tripulação, em tradução livre, que congrega: desenho e material do chassi desenvolvido para absorver todo tipo de impacto e explosões, assentos e sistema de absorção de impactos individuais, um moderno sistema de redirecionamento e defleção de impactos, sistema de extinção automática de incêndios e ameaças QBN e um sistema integrado de alerta para ameaças.

Tais sistemas representam o estado da arte em tecnologia de garantia de sobrevivência, pois possibilitam maior expectativa de sobrevivência com menor blindagem, o que garante uma maior mobilidade e autonomia, além da diminuida necessidade de manutenção.


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Russia Docs

Russia Docs

Última atualização 23 SET, 12:55

MAIS LIDAS

Tank

1
03 JUL, 10:00

VBCCC Challenger 2