COBERTURA ESPECIAL - Tank - Geopolítica

14 de Março, 2018 - 10:50 ( Brasília )

Austrália – Escolhe RH Boxer 8x8 CRV

Rheinmetall Landsysteme fornecerá às Forças de Defesa da Austrália 225 viaturas Boxer 8x8

English version


O primeiro-ministro da Austrália, Malcolm Turnbull, anunciou hoje (14MAR2018), a Rheinmetall como selecionada pelo governo australiano para fornecer  a próxima geração da Viatura Blindada 8x8 Combat Reconnaissance Vehicles (CRVs), dentro do programa Land 400 Phase 2.
 
No programa de vários bilhões de dólares a Rheinmetall deverá entregar pelo menos 211 viaturas da Boxer 8x8  de última geração, com a avançada torre Lance 30mm da Rheinmetall instalada na versão de reconhecimento (CRV).

Para entregar o projeto, a Rheinmetall estabelecerá um Centro de Excelência de Veículos Militares (Military Vehicle Centre of Excellence - MILVEHCOE), nas cercanias de Brisbane em parceria com o governo do Estado de Queensland.

O MILVEHCOE servirá de ponto focal para a execução do programa e uma base para o estabelecimento de um complexo industrial de veículos militares orientado para exportação baseado na Austrália. O MILVEHCOE apoiará a Estratégia de Exportação de Defesa do Governo Australiano, que foi anunciada recentemente pelo Ministério  australiano da Defesa.

Armin Papperger, CEO da Rheinmetall AG, comentou que já há uma parceria entre a Austrália e a empresa no fornecimento de caminhões militares de última geração.

O Boxer 8x8 fornece um excepcional capacidade de sobrevivência no campo de batalha moderno e é um veículo com grande mobilidade e adaptável. A Austrália se juntará aos países líderes que já o utilizam, incluindo: Alemanha, Holanda e Lituânia. A torre Lance instalada no veículo utiliza as mais recentes tecnologias que permitem que o Boxer CRV proporcione uma consciência situacional para a tripulação, com sistemas avançados para detectar, identificar e rastrear ameaças automaticamente no campo de batalha. A torre possui uma gama de armas, incluindo o canhão de 30mm a mísseis antitanque que permitem enfrentar as mais diferentes ameaças no campo de batalha atual.

O MILVEHCOE permitirá que a Rheinmetall transfira tecnologias de ponta para a Austrália nas áreas de design de veículos militares, produção, sistemas de torre, sensores, capacidade de sobrevivência, simulação e apoio logístico. Esta transferência de tecnologia (ToT), juntamente com a incorporação do projeto e produção na  Austrália dentro do Land 400, irá apoiar  o estabelecimento de um setor de veículos militares orientado para a exportação, no qual colaborarão com instituições acadêmicas em tecnologias complementares e verá um desenvolvimento significativo em pequenas e médias empresas em todo o país que coopetarão com Rheinmetall através do MILVEHCOE.

 
Após dois anos de engajamento industrial extensivo, a Rheinmetall identificou mais de 40 empresas de toda a Austrália que farão parte de uma indústria de veículos militares globalmente competitiva. Algumas das empresas que contribuem para o programa nacional Rheinmetall Boxer CRV incluem:

• MILSPEC e Bisalloy de Nova Gales do Sul,
• Supashock do sul da Austrália,
• Nioa e Penske de Queensland,
• Direto Edge da Tasmânia,
• Supacat, Tectonica e Cablex de Victoria, e
• Hoffman Engineering da Austrália Ocidental.

 

 

Interessante comparação das alturas do Boxer CRV e o MBT M1 Abrams



O Programa LAND 400 Phase 2
 
Em 28 Julho 2016, o Ministério da Defesa anunciou que a BAE Systems Australia, com o Patria AMV35, e a Rheinmetall, com o Boxer tinham sido “shortlisted” para a segunda etapa do processo de avaliação.  A Rheinmetall Landsysteme dentro do “Project LAND 400 Phase 2” fornecerá 225 Combat Reconnaissance Vehicles (CRV) para substituir o Australian Light Armoured Vehicle (ASLAV). Serão produzidas sete variantes.
 
Ao todo devem ser cirados 1.450 empregos em um período de 30 anos na Austrália
 
A Austrália como exportadora de Armamentos

A Austrália estabeleceu como meta de ser um dos 10 top exportadores mundiais de armamentos e está usando a modernização das forças de defesa para investir na indústria.  Várias das empresas de defesa líderes, incluindo a americana   Northrop Grumman e a francesa Naval Group (ex-DCNS), estão estabelecendo instalações no país para fortalecer suas posições.

A inglesa BAE Systrems, que emprega 3.500 pessoas na sua Divisão Australiana, venceu um contrato de U$1bilhão para o upgrade a rede de radar de alta frequência. A empresa também está “shortlisted” para um contrato da próxima geração de fragatas para a Real Marinha Australiana (RNAS), que pode alcançar 35 Bilhões de dólares australianos. A BAE Systems tem como competidores a espanhola NAVANTIA e a italiana Fincantieri.

Maiores investimentos em defesa projetados pela Austrália.





Matérias Relacionadas

DCNS vence na Austrália 12 Submarinos U$ 38,5 Bi DefesaNet 2016 Link


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Cyberwar

Cyberwar

Última atualização 19 JUL, 17:00

MAIS LIDAS

Tank

1
03 JUL, 10:00

VBCCC Challenger 2