COBERTURA ESPECIAL - Tank - Terrestre

25 de Setembro, 2017 - 10:50 ( Brasília )

Viatura Blindada de Combate Carro de Combate (VBCCC) T-72 AMT da Ucrânia


ST José Lino - CI Bld


O carro de combate T-72 é um blindado desenvolvido pela indústria soviética e que entrou em produção em 1971. Após a sua utilização em combates, foram sendo realizadas várias melhorias, resultando em diversas versões.

Entre os países que utilizam o T-72 estão: Rússia, Síria, Irã, Argélia, Venezuela, Polônia e Ucrânia. Este blindado pertence à mesma geração de CC que o M-60 norte americano, o Leopard 1 alemão e o britânico Chieftain.

Segundo o site army-technology, em agosto deste ano foi entregue a uma das unidades militares das Forças Armadas da Ucrânia uma nova versão do blindado, denominada de T-72 AMT.

Com base na experiência adquirida pelas tropas ucranianas em Zonas de Operações contra terroristas, a Usina Blindada de Kiev desenvolveu a plataforma atualizada do CC que integra uma variedade de possibilidades de armamentos, proteção e sistemas.



A estrutura do chassi do veículo abriga o compartimento do motorista na frente e o de combate no centro. O conforto da guarnição foi aprimorado, enquanto os principais componentes foram atualizados para aumentar a letalidade e a capacidade de proteção do blindado. Com 9,5 m de comprimento, 3,5 m de largura e 2,2 m de altura o CC possui uma guarnição de três integrantes: motorista, atirador e comandante do carro.

Para a observação, os membros da guarnição dispõem de dispositivos de visão noturna com modernos intensificadores de imagem de terceira geração. O atirador conta com uma câmera de visão traseira e uma de visão noturna para lançar um míssil guiado a laser.

O T-72 AMT está equipado com novas estações de rádio digital da Aselsan e Lybid K2. As estações permitem que a guarnição do CC se comunique com unidades de infantaria. Também foi integrado ao blindado um avançado sistema de navegação por satélite.

Como armamento, o T- 72 AMT possui um canhão de 125 mm 2A46 de alma lisa, que tem uma cadência de fogo de seis a oito tiros por minuto. O canhão também pode disparar o míssil dirigido por laser 'Combat' desenvolvido pelo Departamento de Design do Estado Kyiv 'Luch'.



O míssil GM Combat usa uma orientação semiautomática de raio laser, possui uma ogiva tandem e pode penetrar uma blindagem de 750 mm a uma distância de 5 km. A unidade de observação e orientação do míssil é instalada acima da torre do lado esquerdo da arma principal.

O armamento secundário inclui uma metralhadora PKT de 7,62 mm coaxial ao canhão e uma metralhadora NSV de 12,7 mm. Para a sua auto proteção o T-72 AMT possui o sistema Nozh (Knife), que já está em operação com os CC Bulat e Oplot.

A blindagem reativa explosiva Knife protege a tripulação contra munições HEAT, munições de energia cinética e explosivos. O CC também está equipado com grades anti cumulativas, reduzindo o impacto de acertos HEAT, enquanto protege as partes mais vulneráveis do blindado.

O motor, a transmissão e outros componentes também são protegidos por lâminas de blindagem para reduzir o impacto das armas de carga moldada. A capacidade de proteção é reforçada por lançadores de granadas fumígenas instaladas no veículo.

O T-72AMT é alimentado por um motor diesel com potência máxima de 840 cv e proporciona que o veículo atinja uma velocidade máxima de 60 km / h na estrada. A suspensão funciona por um sistema barras de torção. O projeto faz parte de recentes análises e previsões do mercado mundial de veículos blindados e veículos anti dispositivos explosivos improvisados – IED.


VEJA MAIS