COBERTURA ESPECIAL - Especial Espaço - Geopolítica

27 de Março, 2012 - 18:00 ( Brasília )

Seul ameaça interceptar foguete norte-coreano


   

A Coreia do Sul anunciou ontem (26) que pode interceptar um foguete norte-coreano que deve ser lançado em abril, caso ele entre em seu espaço aéreo.

Os EUA afirmam que o disparo testará mísseis capazes de transportar uma ogiva nuclear. A Coreia do Norte diz que busca colocar um satélite em órbita.

 O iminente lançamento tem roubado a atenção da cúpula de segurança nuclear, que reuniu ontem representantes de 60 países em Seul. "Estamos estudando medidas como rastrear ou abater partes do míssil norte-coreano, caso ele desvie de sua trajetória normal e viole o espaço aéreo da Coreia do Sul", afirmou Yoo Wonshik, porta-voz do Ministério da Defesa sul-coreano. "Só podemos ver [o lançamento norte-coreano] como um ato muito inconseqüente e provocativo", completou o militar.

 Outro país que prometeu tomar medidas contra o disparo norte-coreano é o Japão. O governo japonês pretende manter mísseis terra-ar no centro de Tóquio em prontidão contra o possível lançamento de um foguete de longo alcance pela Coreia do Norte, disse o ministro da Defesa japonês, Naoki Tanaka. Além da instalação de uma bateria antimísseis na capital, sistemas de proteção serão colocados nas ilhas ao sul de Okinawa.



Outras coberturas especiais


Cyberwar

Cyberwar

Última atualização 25 MAI, 13:00

MAIS LIDAS

Especial Espaço