COBERTURA ESPECIAL - Especial Espaço - Tecnologia

03 de Outubro, 2011 - 09:47 ( Brasília )

Instituto de Aeronáutica e Espaço realiza ensaios de qualificação do Veículo Lançador de Satélite


O Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) realizou, com sucesso, o ensaio de separação dos quatro propulsores do primeiro estágio do Veículo Lançador de Satélite (VLS). O evento foi realizado com sucesso e simulou uma situação que ocorrerá a cerca de 32 km de altitude quando o veículo estiver em voo.

O ensaio foi efetuado ontem, (29/09), no laboratório de Integração de Propulsores do IAE e contou com uma equipe de 45 servidores entre técnicos e engenheiros. O objetivo principal foi a qualificação do sistema de separação do primeiro estágio do VLS.

No total, foram feitas 167 medições entre choque mecânico, vibração quase-estática, deformação, pressão, deslocamento, simetria de separação, além da cobertura fotográfica e de vídeo (HD e alta velocidade).

Os dados coletados serão analisados e servirão de base para entender os fenômenos que ocorrem no veículo durante esta fase importante de voo. Entre esses fenômenos, estão a simultaneidade de ejeção dos motores, as tensões nas interfaces entre o segundo e terceiro estágio e as cargas de choque mecânicos no corpo central e nos equipamentos embarcados.

Será feita também uma comparação entre os sinais adquiridos com o sistema de telemetria e o sistema de solo, procedimento importante para a qualificação do sistema de medição em voo.

O VLS será capaz de colocar em órbita um satélite de 115 kg, a 750 km de altitude. O veículo é separado em subdivisões, que incluem quatro estágios, além de Coifa Ejetável, Redes Elétricas e Redes Pirotécnicas.


Fonte: Agência Força Aérea/ IAE