COBERTURA ESPECIAL - Especial Espaço - Tecnologia

31 de Julho, 2018 - 17:38 ( Brasília )

INPE e Visiona assinam protocolo de intenções para cooperação técnica no desenvolvimento de nanossatélites





O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – INPE e a Visiona Tecnologia Espacial S.A. assinaram, na tarde de terça-feira (31JUL2018), um Protocolo de Intenções com o objetivo de estabelecer cooperação técnica para o desenvolvimento de nanossatélites, contemplando as áreas de Engenharia de Sistemas, Montagem, Integração e Testes, e Análise Térmica, bem como outras possíveis áreas de interesse que vierem a ser identificadas.

Esta ação é parte fundamental no desenvolvimento do projeto VCUB, um nanosatélite projetado e construído no Brasil pela Visiona e seus parceiros.

Segundo Ricardo Galvão, diretor do INPE, “Com o acordo, o INPE reafirma seu papel de indutor do crescimento da indústria espacial no Brasil”. Para João Paulo Campos, presidente da VISIONA, “A integração entre indústria e academia é fundamental em setores de alta intensidade tecnológica. O INPE aporta competências únicas ao projeto”.

O nanossatélite VCUB baseia-se numa plataforma CubeSat 6U de 10 kg com dimensões de 30 x 20 x 10 cm e traz o estado da arte em tecnologias de pequenos satélites. A missão permitirá o desenvolvimento e validação de tecnologias espaciais pela VISIONA e seus parceiros, com destaque para os sistemas de navegação, guiagem e controle (AOCS), de supervisão de bordo (OBDH) e de rádio definido por software (SDR) concebidos pela VISIONA, as principais lacunas tecnológicas da indústria espacial brasileira.

O projeto incorpora uma arquitetura de sistemas modular e escalável, que poderá ser utilizada no futuro em satélites de maior porte, permitindo a incorporação de mais tecnologias nacionais às missões do Programa Espacial Brasileiro.
 
Equipado com uma câmera óptica multiespectral com resolução melhor que 4 metros e 4 bandas espectrais e de um sistema de coleta de dados reconfigurável via software, o satélite será capaz de realizar missões antes destinadas a satélites de porte bem superior. Sua câmera utiliza tecnologias só encontradas em satélites de grandes dimensões, o que lhe permitirá gerar imagens com qualidades radiométrica e geométrica superiores às encontradas no mercado, fatores fundamentais para aplicações agrícolas e de proteção do meio ambiente.

Seu sistema de coleta de dados pode operar tanto no sistema SBCD (Sistema Brasileiro de Coleta de Dados) como em outros protocolos, o que torna o VCUB uma plataforma ideal para aplicações de Internet das Coisas (IoT). Para Cleber Oliveira, diretor comercial da Visiona, “O INPE tem décadas de tradição na aplicação de tecnologias espaciais e será fundamental para que o VCUB possa ser efetivo no cumprimento de missões de interesse do país”.


 
Ricardo Galvão, diretor do INPE, e João Paulo Campos, presidente da VISIONA, na assinatura do protocolo de intenções.,

SOBRE O INPE
 
O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) foi criado em 1961 com o objetivo de capacitar o país nas pesquisas cientificas e nas tecnologias espaciais. Ao longo dos anos, suas atividades se ampliaram e a importância dos estudos vão desde assuntos complexos sobre a origem do Universo a aplicações de ciências como nas questões de desflorestamento das nossas matas. O Instituto é centro de excelência, e referência internacional, em pesquisas de ciências espaciais e atmosféricas, engenharia espacial, meteorologia, observação da Terra por imagens de satélite e estudos de mudanças climáticas.
 
SOBRE A VISIONA
 
A VISIONA é uma joint-venture entre a TELEBRAS e a EMBRAER Defesa & Segurança voltada para a integração de sistemas espaciais. Criada em maio de 2012 a partir de uma iniciativa do governo brasileiro para atendimento dos objetivos do Programa Nacional de Atividades Espaciais (PNAE), a empresa foi a responsável pelo programa do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas, o SGDC, e é líder no mercado  brasileiro de sensoriamento remoto orbital.


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Cyberwar

Cyberwar

Última atualização 14 DEZ, 11:50

MAIS LIDAS

Especial Espaço