COBERTURA ESPECIAL - Especial Espaço - Tecnologia

26 de Março, 2018 - 13:05 ( Brasília )

Airbus lança projeto de tecnologia de carga útil fotônica – OPTIMA

O projeto fornecerá um demonstrador de prova de conceito para o uso de cargas úteis fotônicas em satélites de telecomunicações

A Airbus lançou o projeto OPTIMA, que fornecerá um demonstrador de prova de conceito para o uso de cargas úteis fotônicas em satélites de telecomunicações. O projeto OPTIMA liderado pela Airbus Defence and Space em Stevenage, que faz parte do Horizon 2020 financiado pela Comissão Europeia, reúne parceiros especializados de toda a Europa, entre os quais a DAS Photonics, CORDON Electronics, SODERN, IMEC e Polatis.

A Airbus Defence and Space definirá, montará e testará um demonstrador de carga útil fotônica com base nos componentes e equipamentos desenvolvidos pelos outros membros do consórcio. As cargas úteis fotônicas têm o potencial de revolucionar o design e a capacidade das futuras gerações de satélites de telecomunicações.

As cargas úteis fotônicas usarão luz para transferir os sinais por toda a espaçonave, substituindo as atuais tecnologias de RF (radiofrequência) e permitindo o desenvolvimento de satélites mais eficientes e potentes capazes de atender à crescente complexidade e sofisticação exigidas pelos clientes.

O uso de equipamentos à base de fibra óptica já transformou a Tecnologia da Informação para aplicações em terra, e sua natureza compacta, leve e de baixa potência deverá permitir reduções de massa em satélites de telecomunicações, pois substituem a tecnologia atualmente utilizada.

"Ao reunirmos nossos parceiros do setor que possuem habilidades e conhecimentos complementares, desenvolveremos o OPTIMA para fornecer um roteiro para a tecnologia de fotônica disponível para satélites de telecomunicações - e estamos planejando uma demonstração em órbita no início de 2020", disse Javad Anzalchi, Gerente de Projetos da Airbus.

"O pleno desenvolvimento desta tecnologia não deverá apenas permitir que o setor espacial europeu enfrente os desafios da Agenda Digital da UE para a Europa em 2020, mas também reforçar a sua posição em um mercado global muito competitivo”.

A Airbus é líder mundial nas indústrias aeronáuticas, espaciais e serviços relacionados. Em 2017, registrou faturamento de €67 bilhões de euros e empregou cerca de 129 mil profissionais. A Airbus oferece a mais completa gama de aviões de passageiros de 100 a mais de 600 assentos.

A empresa também é a líder europeia no fornecimento de aviões-tanque, de combate, transporte e missão, bem como uma das empresas espaciais do mundo. Em helicópteros, fornece as mais eficientes soluções em modelos civis e militares em todo o mundo.



Outras coberturas especiais


Dossiê EMBRAER

Dossiê EMBRAER

Última atualização 20 ABR, 12:10

MAIS LIDAS

Especial Espaço