COBERTURA ESPECIAL - Especial Espaço - Tecnologia

21 de Dezembro, 2017 - 09:45 ( Brasília )

Airbus foi escolhida pela ESA para o Copernicus Data and Information Access Service (DIAS)

Airbus recebeu um contrato de quatro anos

A Airbus foi escolhida pela Agência Espacial Europeia (ESA) para ser um dos quatro fornecedores do DIAS, o Serviço de Acesso a Dados e Informações do Copernicus.

O DIAS disponibilizará dados e informações facilmente acessíveis aos usuários por meio de uma arquitetura de computação em nuvem, permitindo uma maior coordenação e utilização cruzada de recursos humanos no nível da União Europeia (UE) e junto às iniciativas no nível dos Estados Membros ou regionais.

O contrato de quatro anos foi assinado em Bruxelas por Josef Aschbacher, Diretor da ESA para Observação da Terra, e Mathilde Royer-Germain, Diretora de Observação, Navegação e Ciência da Terra da Airbus, na presença de Philippe Brunet, Diretor Geral de Empresas e Indústria da Comissão Europeia (CE).

O Copernicus é o mais ambicioso programa de observação da Terra até hoje e fornece informações precisas, oportunas e facilmente acessíveis para melhorar a gestão do meio ambiente, compreender e mitigar os efeitos das mudanças climáticas e assegurar a segurança civil.

O volume de dados produzido por este programa é enorme. Em um ano, os satélites Sentinel forneceram o equivalente a 50 anos de dados da missão ENVISAT, o satélite ambiental anterior da ESA.

Para promover a disseminação de dados e responder a uma forte necessidade de simplificação, a CE e a ESA decidiram oferecer aos usuários a capacidade de explorar dados e informações do Copernicus sem precisarem gerenciar a transferência e o armazenamento em seus próprios sistemas de computação.

A Airbus lidera um consórcio que conta com Orange, Capgemini, CLS e Vito unindo suas competências para criar e gerenciar o sistema que permitirá o acesso aos dados do Copernicus.

A Airbus é responsável pela gestão, coordenação de todos os colaboradores técnicos, engenharia de sistemas e a integração do sistema. Após a entrada em serviço, a Airbus continuará a liderar, operar e desenvolver o DIAS em estreita coordenação com vários players mundiais.

“Como principal colaborador do programa Copernicus, a Airbus orgulha-se de fazer parte desta nova fase que combina a aquisição de dados de Observação da Terra com novas e eficientes tecnologias como a computação em nuvem. O DIAS simplificará o acesso a dados para os cidadãos europeus e aumentará a criação de novos modelos de negócios com base na Observação da Terra”, disse Mathilde Royer-Germain.

As primeiras operações deverão começar dentro de seis meses com a demonstração das capacidades de infraestrutura, acesso preliminar aos conjuntos de dados e entrega inicial de serviços.

O DIAS unificará todo o acesso existente aos produtos dos Sentinel no mesmo “balcão da nuvem”, juntamente com dados de missão in situ e de terceiros.

Estes serviços permitirão um acesso fácil aos dados do Copernicus para os cidadãos da UE, incluindo a comunidade científica, o público em geral e os empresários que desejem processar esses dados, a fim de fornecer seus próprios serviços baseados no Copernicus (front-offices).

O DIAS fornecerá uma solução eficiente de gerenciamento de dados, levando em consideração a política de dados e os direitos dos usuários de coletar os diversos catálogos de dados existentes e armazená-los de forma a otimizar o acesso.


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Doutrina Militar

Doutrina Militar

Última atualização 19 ABR, 08:00

MAIS LIDAS

Especial Espaço