COBERTURA ESPECIAL - Especial Espaço - Tecnologia

14 de Novembro, 2017 - 09:00 ( Brasília )

Airbus assina com a ESA um contrato de demonstração em órbita

A Airbus proporá oportunidades acessíveis de voo com base na econômica plataforma derivada do programa OneWeb

A Airbus Defense and Space assinou um contrato com a Agência Espacial Europeia (ESA) para um demonstrador em órbita no âmbito do programa Advanced Research in Telecommunications Systems (ARTES) Pioneer da ESA.

O projeto em órbita (conhecido como IODA - In Orbit Demonstrator by Airbus) desenvolverá os elementos-chave, incluindo a infraestrutura (a nave espacial, a carga útil e o segmento terrestre), lançará um primeiro satélite e validará todo o sistema em um cenário multimissão.

O objetivo final do IODA é o de oferecer um serviço one-stop-shop para validação Em Órbita e/ou Prova de Conceito (seja de tecnologia ou baseada em serviços), em um ambiente operacional real, proporcionando uma perspectiva melhorada de sua adoção pelo mercado.

“Esta parceria com a ESA deverá facilitar enormemente a futura validação em órbita de novos conceitos, sistemas e tecnologia que dependem da tecnologia comprovada do OneWeb. Ela estará disponível não somente para todos os fabricantes europeus de espaçonaves, mas também será um recurso para que os novos empresários de produtos espaciais derivados possam comprovar e eliminar o risco de suas novas tecnologias e conceitos de missão em órbita", afirma Arnaud de Rosnay, Diretor de Satélites de Telecomunicações da Airbus.

"O nosso objetivo é melhorar substancialmente a validação da missão para os novos e já existentes players do setor espacial, oferecendo conselhos e expertise que abrangem tudo, desde arquitetura de carga útil, até inovadores e automatizados processos de integração, bem como suporte ao segmento terrestre, operações, e suporte de ponta a ponta ao sistema”, explica o executivo.

"O Pioneer apoia o surgimento de entidades comerciais europeias com a capacidade de oferecer acesso rápido e acessível ao espaço a clientes públicos e privados no campo das telecomunicações por satélite. Este programa cria novas oportunidades para players tanto estabelecidos como novos do competitivo mercado de comunicações por satélite em rápida mudança. O projeto Airbus IODA confirma o forte apoio dos nossos Estados membros e do setor a esta iniciativa", comenta Magali Vaissiere, Diretora de Telecomunicações e Aplicações Integradas da ESA.

O programa Pioneer Partner da ESA visa facilitar o surgimento de Provedores de Missão Espacial (SMP) que podem oferecer oportunidades oportunas e econômicas para clientes públicos e privados acessarem o espaço.


VEJA MAIS