COBERTURA ESPECIAL - Especial Espaço - Tecnologia

10 de Agosto, 2015 - 10:20 ( Brasília )

Âlcantara realiza Operação São Lourenço

Operação de lançamento de foguete de sondagem e plataforma espacial ocorre em outubro

O Centro de Lançamento de Âlcantara (CLA), localizado no Maranhão, realiza, de 15 de outubro a 7 de novembro, a Operação São Lourenço. Os objetivos são lançar e rastrear o foguete de sondagem VS-40M, que vai transportar a plataforma espacial denominada Satélite de Reentrada Atmosférica (SARA). O lançamento e rastreio fazem parte do Programa Espacial Brasileiro, em coordenação com a Agência Espacial Brasileira (AEB).

O SARA é uma plataforma espacial em desenvolvimento para experimentos em ambiente de microgravidade destinada a operar em órbita circular baixa, a 300 km de altitude. “A missão de lançamento da plataforma SARA destaca-se por compreender um veículo, uma carga útil e uma infraestrutura de lançamento nacionais que possibilitarão a exploração do ambiente de microgravidade permitindo diversos avanços em estudos científicos e tecnológicos”, explica o Coordenador-Geral da Operação São Lourenço, Tenente-Coronel Engenheiro Alexandre Nogueira Barbosa.

Segundo o militar, o lançamento pode qualificar subsistemas do SARA, como redes elétricas, sistema de recuperação, estrutura, módulo de experimentos, gás frio e proteção térmica, que devem passar por qualificação em voo.

Uma das etapas de preparação para a Operação São Lourenço foi finalizada nesta sexta-feira (07/08). As atividades englobaram a instalação de dispositivos mecânicos no Lançador de Porte Médio (LPM) do Centro e o ensaio de integração de um mock-up – protótipo do foguete VS-40M em dimensões reais e sem combustível. Também fizeram parte das ações as etapas de montagem, transporte e integração no lançador; testes com dispositivos e com o próprio lançador; e os processos inversos de retirada da plataforma de lançamento, transporte e desmontagem.
 

“A partir da pré-campanha e reunião de acompanhamento de interfaces da São Lourenço, harmonizamos junto à coordenação da operação todas as ações e preparamos todos os meios, de modo a realizarmos com total sucesso o lançamento do foguete VS-40M SARA em Alcântara”, afirma o Diretor do CLA, Coronel Cláudio Olany Alencar de Oliveira.

Especialistas e pesquisadores da área espacial participaram da reunião de acompanhamento para coordenar as ações de operação do VS-40M e da plataforma SARA, ambos desenvolvidos pelo Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), organização subordinada ao Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA).

Além de integrantes do DCTA, IAE e CLA, também participaram das reuniões servidores civis e militares do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI) e do Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI).

Operação São Lourenço – Durante o lançamento e rastreio do veículo deve ocorrer a interligação das estações de telemetria, radar e tratamento de dados de localização do CLA com as estações do CLBI, localizado em Natal (RN), com objetivo de operacionalizar o sistema de comunicação entre estações remotas, essenciais para a manutenção da operacionalidade dos dois centros de lançamento situados em território nacional.

Além de levar o Satélite de Reentrada Atmosférica, o veículo VS-40M levará a bordo um GPS de aplicação em área espacial desenvolvido pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) fase de qualificação.

O VS-40 já foi lançado duas vezes no Brasil no CLA (Operação Santa Maria – 1993 e Operação Livramento – 1998) e uma vez na Noruega, em 2012, em apoio ao programa de microgravidade da Agência Espacial Europeia (ESA).