COBERTURA ESPECIAL - Especial Espaço - Tecnologia

10 de Agosto, 2015 - 10:20 ( Brasília )

Âlcantara realiza Operação São Lourenço

Operação de lançamento de foguete de sondagem e plataforma espacial ocorre em outubro

O Centro de Lançamento de Âlcantara (CLA), localizado no Maranhão, realiza, de 15 de outubro a 7 de novembro, a Operação São Lourenço. Os objetivos são lançar e rastrear o foguete de sondagem VS-40M, que vai transportar a plataforma espacial denominada Satélite de Reentrada Atmosférica (SARA). O lançamento e rastreio fazem parte do Programa Espacial Brasileiro, em coordenação com a Agência Espacial Brasileira (AEB).

O SARA é uma plataforma espacial em desenvolvimento para experimentos em ambiente de microgravidade destinada a operar em órbita circular baixa, a 300 km de altitude. “A missão de lançamento da plataforma SARA destaca-se por compreender um veículo, uma carga útil e uma infraestrutura de lançamento nacionais que possibilitarão a exploração do ambiente de microgravidade permitindo diversos avanços em estudos científicos e tecnológicos”, explica o Coordenador-Geral da Operação São Lourenço, Tenente-Coronel Engenheiro Alexandre Nogueira Barbosa.

Segundo o militar, o lançamento pode qualificar subsistemas do SARA, como redes elétricas, sistema de recuperação, estrutura, módulo de experimentos, gás frio e proteção térmica, que devem passar por qualificação em voo.

Uma das etapas de preparação para a Operação São Lourenço foi finalizada nesta sexta-feira (07/08). As atividades englobaram a instalação de dispositivos mecânicos no Lançador de Porte Médio (LPM) do Centro e o ensaio de integração de um mock-up – protótipo do foguete VS-40M em dimensões reais e sem combustível. Também fizeram parte das ações as etapas de montagem, transporte e integração no lançador; testes com dispositivos e com o próprio lançador; e os processos inversos de retirada da plataforma de lançamento, transporte e desmontagem.
 

“A partir da pré-campanha e reunião de acompanhamento de interfaces da São Lourenço, harmonizamos junto à coordenação da operação todas as ações e preparamos todos os meios, de modo a realizarmos com total sucesso o lançamento do foguete VS-40M SARA em Alcântara”, afirma o Diretor do CLA, Coronel Cláudio Olany Alencar de Oliveira.

Especialistas e pesquisadores da área espacial participaram da reunião de acompanhamento para coordenar as ações de operação do VS-40M e da plataforma SARA, ambos desenvolvidos pelo Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), organização subordinada ao Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA).

Além de integrantes do DCTA, IAE e CLA, também participaram das reuniões servidores civis e militares do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI) e do Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI).

Operação São Lourenço – Durante o lançamento e rastreio do veículo deve ocorrer a interligação das estações de telemetria, radar e tratamento de dados de localização do CLA com as estações do CLBI, localizado em Natal (RN), com objetivo de operacionalizar o sistema de comunicação entre estações remotas, essenciais para a manutenção da operacionalidade dos dois centros de lançamento situados em território nacional.

Além de levar o Satélite de Reentrada Atmosférica, o veículo VS-40M levará a bordo um GPS de aplicação em área espacial desenvolvido pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) fase de qualificação.

O VS-40 já foi lançado duas vezes no Brasil no CLA (Operação Santa Maria – 1993 e Operação Livramento – 1998) e uma vez na Noruega, em 2012, em apoio ao programa de microgravidade da Agência Espacial Europeia (ESA).



Outras coberturas especiais


Guerra Hibrida Brasil

Guerra Hibrida Brasil

Última atualização 23 ABR, 02:30

MAIS LIDAS

Especial Espaço