COBERTURA ESPECIAL - Especial Espaço - Aviação

24 de Novembro, 2014 - 13:00 ( Brasília )

INMARSAT e Alcatel-Lucent -Desenvolvem a primeira rede de telecomunicação aviação européia



A INMARSAT  anuncia uma parceria tecnológica com a Alcatel-Lucent para o desenvolvimento de uma nova rede de telecomunicações totalmente integrada para oferecer serviços de banda larga de alta velocidade a passageiros de aviação comercial e executiva na União Europeia. A rede exclusiva coloca a Europa na vanguarda da conectividade da aviação e deve entrar em operação comercial até o final de 2016.

Esse anúncio representa duas conquistas mundiais para a Inmarsat e suas parceiras. Essa será a primeira rede de aviação verdadeiramente híbrida no mundo, formada por um satélite banda S (Europasat), construído pela Thales Alenia Space, e uma rede terrestre europeia banda S. Além da rede integrada baseada na tecnologia LTE de última geração e com acesso a recursos de espectro eficazes, a Inmarsat oferecerá as companhias aéreas o serviço de conexão banda larga para voos mais rápido do mundo, com velocidade de até 75 Mbps, muito acima das capacidades limitadas dos sistemas norte-americanos ATG.

A Alcatel-Lucent e a Inmarsat trabalharão em conjunto para desenvolver a infraestrutura terrestre da nova rede por toda a Europa. A Alcatel-Lucent tem um expertise comprovado no desenvolvimento de tecnologia ar-terra baseada em 4G/LTE e foi a primeira companhia do mundo a fazer testes reais com essa tecnologia em 2011. O contrato permite que a empresa global de equipamentos de telecomunicações Alcatel-Lucent adapte sua tecnologia 4G/LTE para suportar o espectro de banda S.

“Em conjunto com parceiras líderes mundiais, como a Alcatel-Lucent, a Inmarsat está definindo um novo padrão em conectividade dentro das aeronaves, permitindo que companhias aéreas ofereçam a seus passageiros serviços de conexão móvel para negócios ou lazer, usando seus próprios dispositivos e com segurança e velocidades disponíveis apenas em terra. Os recursos aprimorados da rede europeia serão oferecidos junto com os serviços de aviação Global Xpress da Inmarsat, ampliando a cobertura de banda larga da Inmarsat de maneira uniforme, onde quer que as companhias aéreas voem, nos posicionando como líderes em conectividade para passageiros”, afirma Leo Mondale, presidente da Inmarsat Aviation.

“Escolhemos a Alcatel-Lucent como parceira no desenvolvimento do componente de rede terrestre graças a seu trabalho inovador em tecnologia ar-terra baseada em 4G/LTE e esperamos nos unir esforços durante toda a implantação deste serviço exclusivo de aviação para a Europa”, completa Mondale.

Michel Combes, CEO da Alcatel-Lucent, destaca que a inovação é um elemento central da estratégia da empresa, juntamente com o crescimento possibilitado pela diversificação para novas verticais nas quais a companhia pode aplicar sua liderança em tecnologia. “A parceria em tecnologia Ar-Terra com a Inmarsat leva ao mercado de aviação a liderança comprovada da Alcatel-Lucent e seu compromisso com a inovação na prestação de serviços de comunicação de banda ultralarga”.
 
As licenças para o componente via satélite da rede foram submetidas em todos os países-membros da UE e a autorização já foi concedida por 23 deles. As primeiras licenças para o componente terrestre já foram recebidas, inclusive de um dos cinco grandes países-membro da UE e houve um bom progresso em diversas outras nações. A empresa também está em discussões com várias grandes companhias aéreas e outras parceiras do setor.

 




O primeiro satélite rede Global Xpress, foi ativado em 1º Julho 2014. É a primeira rede do mundo  a operar  na Banda Ka. Os próximos satélites entrarão em serviço em 2015 e 16.