COBERTURA ESPECIAL - Especial Espaço - Tecnologia

30 de Maio, 2014 - 04:00 ( Brasília )

Russia Lançará Constelação de Nanosatélites

O lançamento de 34 mini ou nanosatélites inclui um projeto brasileiro

Nota DefesaNet

Ver a matéria

AEB - NANOSSATÉLITE já está na RÚSSIA para ser lançado lançado em Junho Link

O Editor

A Rússia lançará ao espaço uma constelação de cerca de 36 nanosatélites através de um ex-míssil Nuclear (ICBM), em junho, como parte de um projeto conjunto Rússia-Ucrânia, ao contrário dos informes que indicavam que a crise na Ucrânia ameaçava o projeto.

Os satélites serão lançados desde um Míssil Balístico Intercontinental RS-20, que foi convertido em um foguete Dnepr. A empresa Kosmotras International Space Company, baseada em Moscou vende estes foguetes para lançamentos comercias desde 1997, um projeto dos governos da Rússia e da Ucrânia para converter  mísseis da era Soviética em sistemas para uso científico ou comercial.

Informes preliminares da imprensa russa informavam que as empresas ucranianas, tal como a Yuzhmash, que converte os mísseis — poderia parar seus trabalhos em associação com a Rússia devido a crise entre os dois países.

Nesta quarta-feira (28MAIO14),  Ponomaryov, vice-chefe da Agência Espacial Russa, desmentiu essas preocupações, informando que as empresas ucranianas têm continuado a cumprir seus contratos, informou a agencio noticiosa Itar-Tass.

Ele alertou, entretanto que Moscou poderia preencher o vácuo deixado pelas empresas ucranianas em dois ou três meses, se necessário.

Se a Ucrânia deixar o Programa Dnepr, a conversão dos mísseis poderia ser realizada pelo Makeyev Rocket Design Bureau, uma entidade estatal que constrói os mísseis ICBM disparados desde submarinos

Neste ano o foguete Dnepr está preparado para lançar mais de 34 minisatélites ou nanosatélites — os quais tem um fim único, sendo baratos de construir e de substituir.

Yuzhmash está envolvida em um número de projetos em cooperação com a indústria espacial russa, não somente o Projeto Dnepr. Ela produz os foguetes Zenit para serem lançados desde bases no mar integrando uma grande proporção de componentes importados da Rússia.



Outras coberturas especiais


Dossiê EMBRAER

Dossiê EMBRAER

Última atualização 22 JUL, 23:59

MAIS LIDAS

Especial Espaço