16 de Abril, 2012 - 12:38 ( Brasília )

SOF

Tropas europeias e norte-americanas iniciam exercícios militares na Escócia


Soldados europeus e norte-americanos iniciaram nesta segunda-feira, no litoral da Escócia, duas semanas de exercícios militares com o objetivo de preparar tropas para intervir em conflitos mundiais como o da Líbia.

O chamado "Joint Warrior", o maior teste militar europeu, é organizado duas vezes ao ano para instruir as Forças Armadas de diversos países como reagir em eventuais conflitos bélicos em nível mundial. Participam dos exercícios militares do Reino Unido, Estados Unidos, Dinamarca, Noruega, França, Canadá, Alemanha e Países Baixos.

A partir dos testes, é avaliada a capacidade dos soldados de enfrentar, por exemplo, hipotéticos ataques terroristas nos Jogos Olímpicos de Londres de 2012, que começam em 27 de julho na capital britânica.

Na jornada desta segunda-feira, os exercícios foram iniciados com um simulacro de ataque aéreo, com a participação de militares da 16ª Brigada de Ataque Aéreo, além de uma formação britânica especializada em ataque e operações por ar.

Os soldados da brigada fazem o controle de um espaço aéreo a partir de uma combinação de exercícios de paraquedismo, ataque por ar e aterrissagem aérea tática na zona oeste da Escócia. Depois da aterrissagem, outro grupo de militares defende o espaço e realiza exercícios de ataque por ar para derrotar a suposta força inimiga.

Mais de 1.600 soldados participaram do teste com a ajuda de helicópteros. Também estiveram presentes oito mil soldados da Royal Navy (Marinha Britânica) a bordo de 30 navios.

A "Força de Tarefas Aéreas" é um grupo de combate dos EUA, Reino Unido e Canadá, formado por 1.600 militares, capaz de responder a uma missão com cinco dias de aviso e desenvolver operações durante 135 dias.