28 de Abril, 2011 - 09:17 ( Brasília )

Segurança

'Na segurança, há total falta de integração'

Ministro da Justiça diz que está sendo concluído projeto para reunir índices de criminalidade do país

BRASÍLIA. O Ministério da Justiça pretende criar um sistema nacional de informações sobre crimes que contabilize em tempo real casos de violência nos estados. O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou ontem que está sendo concluído um projeto de lei do Executivo para regulamentar e agilizar a reunião desses índices de criminalidade num único sistema, para que, a partir desses dados, sejam adotadas ações e políticas de segurança pública para regiões específicas do país.

Em audiência pública na Comissão de Direitos Humanos da Câmara, o ministro afirmou que a proposta vai contribuir para a integração dos órgãos da área:

- Há total falta de integração dos órgãos de segurança. Até mesmo as polícias Federal e Rodoviária Federal nem sempre andaram juntas. É preciso integração sistêmica. E, sem informações, é governar às cegas. Temos de parar de ser intuitivos.

O ministro defendeu ainda que os estados que não repassarem os dados ao sistema tenham dificuldades para obter recursos do governo federal na área. Também está nos planos do ministério a criação de um plano nacional de redução de homicídios. Entre as ações para alcançar esse objetivo está a campanha do desarmamento, que começa no próximo dia 6. Cardozo disse que sempre após essa iniciativa caem os indicadores de criminalidade. Segundo ele, não há meta de armas a serem recolhidas:

- Mas posso ter desejo. Tenho R$10 milhões para gastar (para recompensar quem entregar armas). Espero que não sobre um centavo desse dinheiro. E que eu seja obrigado a pedir mais recursos.