26 de Abril, 2011 - 10:08 ( Brasília )

Segurança

Cortes no Orçamento atingem verbas da PF para operações

Gastos com deslocamentos, passagens e diárias foram reduzidos em relação a 2010

GUSTAVO HENNEMANN
FÁBIO FREITAS


Os cortes no orçamento da Polícia Federal obrigarão o órgão a reduzir em 35% suas despesas, em relação a 2010, com deslocamento de policiais em operações.

Os cortes ocorrem devido ao contingenciamento de gastos do governo, anunciado em fevereiro.

Na semana passada, a Folha revelou que os cortes já prejudicam ações de combate ao narcotráfico e contrabando de armas na fronteira.

Conforme portaria assinada pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, os gastos com "diárias, passagens e locomoção" a partir do Funapol (Fundo para Aparelhamento e Operacionalização das Atividades da PF) estão limitados a R$ 58 milhões em 2011.

O caixa do Funapol é usado para pagar o transporte, a hospedagem e a alimentação de policiais "em missão" ou "operações oficiais".

Ao longo de 2010, a PF gastou R$ 89,8 milhões do fundo para custear diárias, de acordo com o Siafi (Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal).

A redução de 35% foi calculada pela Folha a partir de dados fornecidos pela ONG Contas Abertas e não considera a inflação do período.

Procurada pela reportagem, a direção da PF afirmou que o órgão não se manifestará. O Ministério da Justiça não respondeu até a conclusão desta edição.