28 de Junho, 2012 - 02:28 ( Brasília )

Segurança

BOPE e BPChq iniciam a substituição das tropas do Exército na Vila Cruzeiro


Adriana Petersohn
Assessoria de Imprensa PMERJ

A Polícia Militar inicia nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (28/06) uma importante fase do processo de pacificação dos Complexos do Alemão e da Penha, beneficiando milhares de moradores que por décadas viveram sob domínio do tráfico de drogas nas comunidades do Parque Proletário da Penha, incluindo a Vila Cruzeiro.

As tropas da Força de Pacificação do Exército serão substituídas por soldados do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE).

Esta substituição já foi realizada, desde março até agora, nas comunidades da Fazendinha, Nova Brasília, Alemão e Pedra do Sapo, Chatuba, Morro da Fé e Morro do Sereno, todas com UPPs já inauguradas. Também receberam UPP os morros do Adeus e da Baiana, que não estavam incluídas no decreto ministerial que autorizou a presença do Exército no Complexo do Alemão.

O Coronel PM Frederico Caldas, Coordenador de Comunicação Social da PM, estará disponível para entrevistas de rádio e TV a partir das 6h no Campo do Ordem (Estrada José Rucas s/número, Vila Cruzeiro)

CIDADÃOS DEVEM COLABORAR COM AS FORÇAS POLICIAIS

Logo após a substituição, as forças da PM começam as ações de policiamento e revista à procura de criminosos que ainda possam estar atuando na área, como forma de preparar a chegada das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) nas localidades relacionadas.

A Polícia Militar mais uma vez solicita a colaboração dos moradores para a ação do BPChoque e do BOPE nos próximos dias. Uma forma importante de colaborar é denunciar criminosos, esconderijos e locais onde estão guardadas armas, drogas e outros produtos ilegais. Além disso, todos os moradores devem andar com documentos de identificação e os motoristas e motociclistas serão solicitados a mostrar documentos de propriedade de seus veículos, bem como a Carteira Nacional de Habilitação em dia. No caso das motos, também será exigido o uso de capacete.

Toda a operação terá acompanhamento da Ouvidoria das Polícias (tel.3399-1199, ouvidoriadapolicia@proderj.rj.gov.br) e da Corregedoria da Polícia Militar (tel. 23322341, Delegacia de Policia Judiciária Militar do Méier).

O Batalhão de Choque e o BOPE solicitam que sejam feitas denúncias de locais com drogas, armas ou criminosos pelos telefones 2332-8486 (BPChq) e 2334-3983 (BOPE). Os moradores também podem recorrer ao Disque Denúncia, pelo telefone 2253-1177.

Ainda na manhã desta quinta-feira, a Coordenadoria de Comunicação Social da PM divulgará balanço das primeiras horas de operação.