17 de Fevereiro, 2012 - 10:54 ( Brasília )

Segurança

Avião com maconha viola espaço aéreo durante viagem de Obama


Um pequeno avião carregado com maconha entrou nesta quinta-feira no espaço aéreo do helicóptero no qual viajava o presidente americano, Barack Obama, na Califórnia, e foi obrigado a aterrissar pelas forças de segurança. O incidente aconteceu no aeroporto de Long Beach, um dos que servem a área de Los Angeles.

"Dois caças F-16 saíram da Base Aérea March em Riverside County, Califórnia, para responder a uma violação de restrição de voo por um pequeno avião Cessna sobre Los Angeles", indicou um comunicado do Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte (Norad, na sigla em inglês).

"Após interceptar o pequeno avião, os F-16 o seguiram e o escoltaram até que aterrissou sem incidentes no aeroporto de Long Beach, onde as autoridades localizaram drogas a bordo", acrescentou o Norad.

Os fatos ocorreram quando o helicóptero presidencial Marine One se dirigia ao aeroporto internacional de Los Angeles para viajar para San Francisco. As autoridades informaram que abriram uma investigação, mas não confirmaram detenções nem a quantidade de maconha apreendida.

O porta-voz do serviço secreto dos Estados Unidos, Edwin Donovan, por sua vez, disse que os ocupantes foram liberados após comprovado que o avião não era uma ameaça. "Os ocupantes foram retidos pelas autoridades locais até que os agentes puderam interrogá-los e foi determinado que não havia (na violação do espaço aéreo) uma ameaça de segurança", disse, segundo a agência AFP.