24 de Junho, 2011 - 19:16 ( Brasília )

Segurança

PM do Rio se prepara para represálias a ocupação da Mangueira


A Polícia Militar (PM) do Rio adotou medidas especiais de segurança por temer ataques a agentes. Segundo o comandante do Estado-Maior da PM, coronel Álvaro Garcia, o serviço de inteligência entrou em alerta ao receber informações de que criminosos preparavam ataques a agentes, viaturas e postos policiais. Os ataques seriam uma represália à ocupação do Morro da Mangueira no último domingo e à operação do Batalhão de Operações Especiais (Bope) na quinta-feira, no Morro do Engenho da Rainha, que resultou na morte de oito pessoas.

"Nós recebemos informações de que poderia haver ações contra policiais militares e civis. Então tomamos algumas medidas para evitar isso", disse o coronel. "Nossos blindados estão fazendo patrulhamento nas áreas onde pode acontecer esse tipo de ação, as viaturas estão atendendo as ocorrências em dupla. Quando não tiver ocorrências, essas viaturas estão guarnecendo nossos postos de policiamento", completou.

A orientação do comando da Polícia Militar é também para que os policiais que estiverem nas ruas tenham atenção redobrada. O grupo que controlava o Morro da Mangueira e que domina o Morro do Engenho da Rainha pertence à mesma facção. Grandes favelas, como o Morro do Juramento, Jacarezinho, Manguinhos, Nova Holanda e Parque União, também são controladas por esse grupo.