COBERTURA ESPECIAL - Russia Docs - Inteligência

21 de Fevereiro, 2020 - 21:40 ( Brasília )

Nota CCSM - Navio de Pesquisa Oceanográfico russo “Yantar”


MARINHA DO BRASIL
CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA MARINHA

NOTA À IMPRENSA


Brasília-DF.
Em 21 de fevereiro de 2020.

A Marinha do Brasil (MB) informa que o Navio de Pesquisa Oceanográfico russo “Yantar” desatracou hoje, 18h, do porto do Rio de Janeiro, com destino declarado à Lisboa, Portugal.

A autorização de estadia no Brasil foi solicitada pela Adidância Militar da Rússia, e seguiu os protocolos vigentes para a movimentação de navios de guerra e de Estado estrangeiros nas Águas Jurisdicionais Brasileiras (AJB).

Por suas características, o referido navio é acompanhado pela Marinha do Brasil, durante todo o trânsito nas AJB.

Tal procedimento é adotado pela MB para todos os navios de interesse navegando por nossos mares e rios.

O acompanhamento de navios e plataformas em trânsito e operação em nossos mares e rios é atribuição da Marinha do Brasil. As ações desenvolvidas para o cumprimento de tal atribuição estão relacionadas à segurança marítima e são desenvolvidas ininterrupta e diuturnamente, 24 horas por dia, sete dias por semana, com o emprego de lanchas, navios e aeronaves (da própria Marinha e da Força Aérea Brasileira), além de recursos de monitoramento e vigilância eletrônica.
A Marinha do Brasil esclarece, ainda, que, visando ao aperfeiçoamento do monitoramento das AJB, dedica-se ao projeto de ampliação do Sistema Integrado de Gerenciamento da Amazônia Azul - SIsGAAz.

Contato:

Departamento de Imprensa

Centro de Comunicação Social da Marinha

Telefones: (61) 3429-1293 / 99238-9790

Email: imprensa@marinha.mil.br



Matéria Relacionada

Navio russo suspeito de espionagem coloca Marinha brasileira em alerta Link


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Especial Terror

Especial Terror

Última atualização 07 ABR, 13:10

MAIS LIDAS

Russia Docs