COBERTURA ESPECIAL - Russia Docs - Geopolítica

19 de Novembro, 2017 - 18:50 ( Brasília )

75 Anos – O início da contra-ofensiva Soviética

No dia 19 Novembro 1942 um poderoso ataque de artilharia Soviética era o início da Operação Saturn, que marcou o fim do cerco de Stalingrado, a perda de 22 Divisões do Eixo e o início da contra-ofensiva Soviética que levaria até Berlim



Com uma poderoso fogo de artilharia nas frentes sudoeste, na manhã de 19 Novembro 1942, as Forças Soviéicas iniciavam a Operação Saturn. Foi o início das ações um poderoso ataque que infligiu pesadas perdas ao inimigo e destroçou todo o seu sistema de defesa, o que permitiu que as tropas soviéticas, conseguissem romper as defesa alemãs e iniciar uma contra-ofensiva, que terminou com cerco de Stalingrado e causou pesada derrota aos alemães. A perda de 22 Divisões. 
 
A derrota tirou a iniciativa das forças alemãs na campanha da Rússia e causou a perda   dos exércitos alemão, italiano e romeno, o maior cerco de unidades da Wermacht e novo ponto de contagem na Segunda Guerra Mundial – tudo isso tem a ver com contraofensiva das forças soviéticas perto da cidade de Stalingrado que começou precisamente há 75 anos.
 
A contraofensiva se realizou entre 19 de novembro de 1942 e 2 de fevereiro de 1943, terminando com o cerco e a liquidação do agrupamento alemão de 300.000 homens comandados pelo Marechal Friedrich von Paulus. Foi lá, nas estepes cobertas de neve, perto das margens do rio Volga, que a máquina militar dos nazistas sofreu o mais duro golpe na sua história e do qual nunca chegou a recuperar totalmente. Após a derrota na batalha de Stalingrado, a Alemanha declarou luto nacional pela primeira vez desde o início da guerra.
 
Durante a operação de Stalingrado foram derrotadas o 6º Exército e o 4º Exército Blindado da Alemanha, o 3º e 4º exércitos da Romênia e o 8º Exército da Itália. As perdas totais das tropas do Eixo somaram 1,5 milhões de homens.

Em 1964 foi decretado, o dia 19 de Novembro, como o Dia das Tropas de Artilharia e de Mísseis. Isto dada a importânci pelos Soviéticos às Forças de Artilharia no romper o cerco de Stalingrado.

Para comemorar a data o Ministério da Defesa da Rússia editou um vídeo com as modernas tropas de artilharia.




VEJA MAIS