COBERTURA ESPECIAL - Russia Docs - Naval

29 de Junho, 2017 - 09:00 ( Brasília )

Rostec apresenta sistema naval de mísseis e artilharia antiaérea Pantsir-ME


A Rostec, corporação estatal da Federação da Rússia que desenvolve, fabrica e exporta produtos industriais de alta tecnologia para o uso civil e militar, apresenta o Pantsir-ME, sistema naval de mísseis e artilharia antiaérea e que oferece a máxima proteção contra ameaças modernas, incluindo veículos aéreos não tripulados de baixo voo e de pequeno porte.

Criados pela KBP (Oficina de Design de Instrumentos, na sigla em russo, e que é parte integrante da holding “Sistemas de Alta Precisão” da Rostec), o Pantsir-ME e os modelos precursores “Kashtan” e “Kashtan-M” são os únicos no mundo a combinar em uma só torre de tiro dois tipos de armamentos: o de artilharia e o de mísseis multiuso (o que já é considerado uma grande vantagem), além de um sistema integrado de radar-óptico para controle de armas. Esses modelos possuem as melhores características de armamentos individuais em comparação aos concorrentes.



O Pantsir-ME oferece também uma proteção total contra ameaças aéreas para os navios de guerra. A probabilidade de defesa é absoluta: equivale a 100%, incluindo a proteção contra mísseis antinavio de baixa altitude e veículos aéreos não tripulados.

A principal característica dos sistemas desenvolvidos pela KBP é que podem primeiramente abrir fogo utilizando mísseis contra um alvo e, em seguida, na zona morta de mísseis antiaéreos, utilizarem armamentos de artilharia caso o alvo não tenha sido destruído por completo.

“Um dos imperativos principais da estratégia do Cluster de Armas da Corporação Estatal Rostec é o desenvolvimento e a produção de novos exemplos de armamentos, inclusive no segmento de sistemas antiaéreos.

O desenvolvimento do Pantsir-ME é um elemento consistente na implementação dessa estratégia. A criação de cada um dos sistemas principais do Pantsir-ME requereu novas soluções técnicas e científicas. Como resultado, o potencial de destruição do mesmo cresceu de 3 a 4 vezes mais em comparação ao modelo Kashtan-M”, afirma Sergey Chémezov, CEO da Rostec.

“Desta maneira, a zona de interceptação de mísseis foi ampliada de 10 para 20 quilômetros de distância, e de 3 para 15 quilômetros de altitude. Todas as etapas da performance de combate – desde a localização do alvo até o disparo de mísseis – são feitas em movimento.

O uso combinado dos sistemas de radares e óptica possibilitam a operação a qualquer hora e sob qualquer condição climática. Todos os processos do sistema são automatizados, garantindo a tripulação realizar apenas a supervisão e controle.”

A alta eficácia do Pantsir-ME é determinada pelos novos recursos implementados no sistema. O design modular permanece intacto: 1 módulo de comando e até 4 módulos de combate dependendo do tipo de navio, o que permite uma defesa flexível.



Os armamentos combinados de mísseis e artilharia garantem a destruição eficaz de todos os tipos de alvos em diferentes condições de campo, incluindo armas de defesa com potencial de desenvolvimento de até 2020-2025.

O módulo de combate do Pantsir-ME inclui um sistema de radar multiuso com antenas em fase e um míssil de interceptação cuja distância atinge 20 quilômetros, o que garante o ataque simultâneo a até quatro alvos, além da destruição de mísseis antinavios modernos, ameaças aéreas ou de superfície.

O módulo pode também funcionar de forma autônoma e como parte de uma célula de quatro módulos. O sistema pode ser instalado em navios com deslocamento de 300 toneladas ou mais.