COBERTURA ESPECIAL - Russia Docs - Segurança

18 de Maio, 2017 - 15:40 ( Brasília )

Rostec oferece soluções integradas de segurança para América Latina


A Rostec, corporação estatal da Federação da Rússia que desenvolve, fabrica e exporta produtos industriais para o uso civil e militar, oferece soluções de alta tecnologia para a digitalização e unificação dos processos de controle nas esferas civil e de defesa dos países da América Latina, em especial Peru e Brasil, entre outros.

O projeto, denominado “Sistemas Integrados de Segurança”, une diferentes tipos de armas, mais de 200 exemplos de propostas especiais e de equipamentos, além de soluções de TI de alto nível que permitem elevar consideravelmente a segurança de cidades, o controle de fronteiras e até de locais-chaves, como usinas de energia atômica, por exemplo.

“Se observarmos a redução considerável dos recursos operacionais, essas tecnologias representam um dos elementos-chave para a transição dos países da América Latina para a nova ordem tecnológica, denominada Indústria 4.0.

A existência de serviços estatais automatizados, hiperconectividade de todos os elementos e sensores do sistema, cibersegurança e comunicação protegida através de nuvem não se tratam somente da questão de cotejar nos padrões tecnológicos de nível global, mas também de uma reposta moderna aos desafios que envolvem a segurança nacional”, destaca Víctor Kládov, diretor de Colaboração Internacional e Política Regional da Rostec.

O sistema oferecido pelo conglomerado russo é integral e ajustável, dependendo das demandas do país cliente, e é capaz de prever o desenvolvimento de situações de risco utilizando a acumulação de “Big Data” (grandes quantidades de dados), além de informar e distribuir os recursos aos órgãos de segurança estatais, paralelamente junto ao monitoramento real de determinada situação.

Um dos exemplos mais concretos de seu uso eficaz e com êxito foi a garantia da segurança durante os Jogos Olímpicos de Inverno em Sochi (Rússia), ocorridos em 2014, bem como dos fóruns internacionais e encontros oficiais realizados em território russo entre 2015-2016.

A expectativa é de que todo o setor - incluindo: sistemas de segurança; telecomunicações de transmissão e armazenamento de informações; fotônica e componentes eletrônicos; e equipamentos médico e ópticos - seja o de maior crescimento no mercado global. O volume de negócios deve ultrapassar US$ 3 trilhões até 2025.

A mudança da ordem tecnológica no mundo permite que a Rússia também aperfeiçoe sua indústria. A Corporação Rostec está focada no crescimento dos volumes de produtos civis de alta tecnologia para novos mercados e aposta também nos produtos multiuso, incluindo os sistemas integrados de segurança e comunicação.

Maior corporação industrial da Rússia participa do Salão Internacional de Tecnologia para a Defesa e Prevenção de Desastres Naturais (SITDEF Peru 2017). Estatal oferece soluções de cibersegurança e sistemas integrados de controle de fronteiras, objetos e zonas aéreas - que podem ser um instrumento efetivo para a política de independência tecnológica nos países da América Latina.


VEJA MAIS