COBERTURA ESPECIAL - Russia Docs - Geopolítica

25 de Agosto, 2016 - 19:00 ( Brasília )

Rússia - Mobilizações Militares e Exercício Caucaso-2016




O presidente russo, Vladimir Putin ordenou ao Ministério da Defesa da Rússia para realizar inspeção imediata do poder de resposta das Forças Armadas do país.

Envolverá tropas dos Distritos: Militar Sul, Oeste e Central, e também a Frota do Norte e os Estados-Maiores da Força Aeroespacial e das Forças Aerotransportadas.

O ministro da Defesa da Rússia, general do Exército Sergei Shoigu, informou nesta quinta-feira (25AGO2016):

"Hoje, de acordo com a ordem do comandante supremo das Forças Armadas (presidente Vladimir Putin), foi iniciado um novo exercício de mobilização sem aviso prévio. As Forças do Distrito Militar do Sul, uma parte das Forças dos Distritos Oeste e Central, e a Frota do Norte, o Comando Geral da Força Aeroespacial e o Comando das Forças Aerotransportadas foram postos em estado de alerta máximo a partir das 07:00 horas, horário de Moscou", declarou Shoigu em reunião com a chefia do ministério.

Também o Vice-Ministro da Defesa Anatoly Antonov reuniu-se com os adidos estrangeiros acreditados em Moscou para informar da mobilização e posteriormente da Operação Caucaso 2016.

“Nós informamos os países membros da OSCE assim como a China e o Irã através de canais oficiais,” afirmou Anatoly Antonov.
 
As mobilizações das Forças Armadas da Rússia ocorrerão no período  entre 25 e 31 de agosto. Posteriormente serão realizados exercícios estratégicos de larga escala Cáucaso-2016, que serão iniciados em setembro deste ano.

No ano de 2015 foram realizados também mobilizações sem aviso e posteriormente a manobra “Centro-2015”. Fontes consultadas por DefesaNet mencionam que estas manobras forma um exercício para a posterior mobilização das Forças russas na Síria.

Distritos Militares

A mobilização das Forças Russas estacionadas no Distrito Militar do Sul, e mais uma parte das Forças dos Distritos Oeste e Central, e a Frota do Norte, o Comando Geral da Força Aeroespacial e o Comando das Forças Aerotransportadas alertam o Ocidente, em especial a OTAN e a Ucrânia.




Segundo anúncio do Ministério da Defesa Russo ocorrerão vários exercícios conjuntos nos Mares Negro e Cáspio.

O foco parece ser uma pressão geopolítica frente à OTAN e à Ucrânia. O Exercício e as mobilizações das Forças Armadas Russas servem para dar poder de negociação a Vladimir Putin às vésperas do encontro do G-20 nos dias 4 e 5 de Setembro na China.

 
Nota DefesaNet
 
Para avaliação da manobra Centro-2015 acesse:

Rússia – Manobras Center-2015 Doutrina Gerasimov? DefesaNet Link

Também a importante análise sobre Guerra Híbrida:

Guerra de Nova Geração na Ucrânia. Colapso da Capacidade de Resistência. Guerra Híbrida Link

Sobre as atuais ações das Forças Russas nas áreas ocupadas da Ucrânia (em inglês):

EXCLUSIVO – Ucrânia Relatório de Inteligência 2016 DefesaNet Link