COBERTURA ESPECIAL - Russia Docs - Geopolítica

09 de Dezembro, 2015 - 10:25 ( Brasília )

Rússia lança mísseis de submarino pela 1ª vez contra alvos na Síria


O ministro russo da Defesa, Serguei Choigou, anunciou nesta terça-feira que a Marinha russa atacou alvos na Síria com mísseis de cruzeiro lançados, pela primeira vez, por um submarino no Mediterrâneo.

"Usamos mísseis de cruzeiro Calibre do 'Rostov-on-Don' do Mediterrâneo", declarou o ministro, de acordo com as agências de notícias russas.

Choigou acrescentou que os ataques foram lançados contra "duas fortalezas terroristas" perto de Raqa, reduto do grupo Estado Islâmico.

Bombardeio contra Estado Islâmico mata 11 em Raqa

Ao menos 11 combatentes do grupo Estado Islâmico (EI) morreram nesta terça-feira em um bombardeio lançado contra Raqa, a capital do califado proclamado pela organização - informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

Segundo a ONG, no bombardeio sobre o bairro de Feraos, uma criança-soldado morreu.

Raqa é alvo frequente dos ataques, tanto da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos quanto dos aviões russos que começaram, no final de setembro, uma intervenção para apoiar o governo de Bashar al-Assad.

Rússia chamará estrangeiros para analisar caixa-preta de avião derrubado na Turquia

O presidente Vladimir Putin informou nesta terça-feira que a Rússia tem a caixa-preta do caça-bombardeiro russo abatido pela Turquia sobre a fronteira síria, e que analisará os dados com a ajuda de especialistas estrangeiros.

"Peço que não seja aberta no momento", disse Putin ao ministro da Defesa, Sergei Shoigu, em uma reunião, informaram as agências russas.

"Abram isto somente com a ajuda de especialistas estrangeiros, para examinar tudo com muito cuidado", acrescentou Putin.

No dia 24 de novembro, a aviação turca derrubou um caça-bombardeiro russo Su-24, desatando uma grave crise diplomática entre os dois países.