COBERTURA ESPECIAL - Rafale - Aviação

23 de Setembro, 2016 - 13:00 ( Brasília )

RAFALE - 36 para a Índia U$8,7 Bi

A França e a Índia assinaram hoje (23SET2016) o contrato para a aquisição de 36 aeronaves de caça Rafale pela Índia.



A França e a Índia assinaram hoje (23SET2016) o contrato para a aquisição de 36 aeronaves de caça Rafale pela Índia após 4 anos de intensas discussões.

A Índia selecionou o caça Rafale da francesa Dassault Aviation, em Janeiro de 2012, em uma competição chamada MMRCA, iniciada em 2007. Participaram as aeronaves: Eurofighter Europa), a Russa RAC MiG, o BoeingSuper Hornet F/A-18e/F, a Lockheed Martin com o F-16 e a  sueca SAAB com o Gripen NG. Na oportunidade a Índia foi a primeira a selecionar o caça Rafale além das Forças Armadas Francesas.

A capacidade do caça Rafale levar armas nucleares é uma das grandes motivações, que levam os indianos a adquirir o caça francês.

A outra é o envelhecimento da maior parte da Força Aérea da Índia, integrada em sua maior parte por aeronaves fornecidas pela União Soviética. Os caças Su-27 iniciarão uma etapa de modernização. O desenvolvimento do caça de 5ª Geração com a Sukhoi da Rússia está atrasado e deverá ser operacional somente na década de 2020.
 
O contrato foi firmado pelos ministros da Defesa Jean-Yves le Drian,  e o seu homólogo indiano, o Sr. Manohar Parrikar, que foram fundamentais para fazer avançar este projeto durante o curso de suas numerosas discussões.

A Força Aérea da índia opera o Mirage 2000, que tem realizado importantes funções e teve recentemente finalizado uma completa modernização pela Dassault Aviation.

O Rafale, nas versões Naval e Terrestre, está em operação pelas forças armadas francesas há mais s de uma década e tem provado sua excelência operacional em vários teatros de todo o mundo.

Este novo contrato ilustra a relação estratégica e a parceria exemplar mantida entre os dois países e marca a culminação natural da relação de confiança iniciada em 1953, quando a Índia tornou-se o primeiro cliente de exportação da Dassault Aviation.

Este novo sucesso do Rafale confirma o know-how tecnológico e as competências dos funcionários da Dassault Aviation e dos seus 500 parceiros industriais. Ela representa um passo decisivo para alcançar o objetivo de se estabelecer na Índia, com vista a desenvolver uma ampla cooperação industrial da Dassault Aviation, no âmbito da política "Make in Índia", promovido pelo Sr.Primeiro Ministro Narendra Modi.
 
O valor do contrato segundo fontes não autorizadas alcança U$ 8,7 Bilhões.

As vendas internacionais do caça Rafale somam neste momento:

 

País Quantidade
Índia 36
Egito 24
Catar 24
Total 84

 
O maior empecilho para a conclusão do contrato origina MMRCA foi a exigência do governo indiano de que a Dassault Aviation se recusou a dar garantia para as aeronaves a serem produzida pela estatal Hindustan Aeronautics Ltd.

Em abril de 2015, a índia reduziu a encomenda a 36 caças do número original 126 e eliminou a exigência da garantia às aeronaves a serem produzidas pela Hindustan Aeronautics.

A primeiras entregas devem ocorrer em 3 anos segundo fonte oficial

 


Outras coberturas especiais


Especial MOUT

Especial MOUT

Última atualização 18 AGO, 21:00

MAIS LIDAS

Rafale