COBERTURA ESPECIAL - Prosub - Naval

21 de Março, 2007 - 12:00 ( Brasília )

Brasil e Portugal terão cooperação na área de submarinos


Brasil e Portugal terão cooperação
na área de submarinos

Brasília, 21 Mar (Lusa) - As forças armadas do Brasil e de Portugal poderão exercer uma cooperação na área dos submarinos, afirmou nesta quarta-feira à Agência Lusa o chefe da delegação do Estado-Maior da Armada portuguesa, almirante João Carvalho Abreu.

almirante veio a Brasília participar da 5ª Reunião do Estado-Maior das Marinhas do Brasil e de Portugal, que acontece de dois em dois anos, alternadamente, em cada país.

Segundo o oficial, a chegada dos submarinos alemães classe 209 PN a Portugal, em 2010, em substituição aos antigos de origem francesa, da década de 60, permitirá que esta seja uma futura área de cooperação com o Brasil, que também tem submarinos alemães e está expandindo sua frota.

O almirante Carvalho Abreu lembrou que o custo dos dois U-209 PN é de 1 bilhão de euros (cerca de R$ 2,7 bilhão) e que os submarinos estão sendo construídos em Kiel, Alemanha, nas instalações do estaleiro Howaldtswerke Deutsche Werft (HDW).

Troca de informações

O almirante disse que a intenção das Marinhas do Brasil e de Portugal é melhorar ainda mais a qualidade das trocas de informação.

A delegação da marinha portuguesa, composta por três oficiais, viaja nesta quarta-feira para o Rio de Janeiro, onde visitará o arsenal da Marinha do Brasil, o centro de análises de sistemas navais, a Empresa Gerencial de Projetos Navais (Emgepron), o Corpo de Fuzileiros Navais, além de uma embarcação e do Museu Naval.

Chegada da corte portuguesa ao Brasil

Na 5ª Reunião do Estado-Maior das Marinhas do Brasil e de Portugal, os oficiais dos dois países trocaram informações sobre assuntos de natureza operacional em várias áreas, como aquisição de novos meios, treino e intercâmbio, tendo manifestado a intenção de celebrar com eventos culturais os dois séculos da chegada da corte portuguesa ao Brasil.

"Pela parte de Portugal há um interesse de celebrar a partida da marinha portuguesa em 29 de novembro de 1807, com chegada em 22 de janeiro de 1808 a Salvador e a 7 de março ao Rio de Janeiro", afirmou o almirante Carvalho Abreu.

Além disso, ficou acordado que o veleiro português Sagres vai participar do desfile naval em setembro, no Rio de Janeiro, nas comemoração do bicentenário do
nascimento do patrono da Marinha do Brasil, almirante Tamandaré.

"É o veleiro mais bonito do mundo, até porque ostenta as Cruzes de Cristo", afirmou Carvalho Abreu.