COBERTURA ESPECIAL - Prosub - Naval

12 de Janeiro, 2015 - 18:17 ( Brasília )

NUCLEP entrega subseções do SBR-1




A NUCLEBRAS Equipamentos Pesados S/A – NUCLEP entregou à Itaguaí Construções Navais (ICN), na terça-feira (06 JAN 15), as subseções 05, 06 e 07, que compõem a seção 2A do SBR-1. Esse será o primeiro submarino da classe Scorpéne produzido no país, em parceria com a empresa DCNS francesa, com previsão de ser lançado oficialmente em 2017.

A Itaguaí Construções Navais (ICN),é uma joint venture entre a empresa brasileira Odebrecht Defesa e Tecnologia (ODT) e a francesa DCNS.

As subseções encontram-se unidas e prontas para receber o escotilhão – importante peça do casco resistente que permitirá a retirada de grandes equipamentos, como os motores a diesel, durante os períodos de manutenção de maior complexidade. A seção irá se juntar à parte da “vela” do submarino, uma das partes mais complexas da embarcação.

Juntamente com a entrega da seção de qualificação, realizada em 02/09/2014, a entrega das subseções 05, 06 e 07 constitui mais um importante avanço no Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB) e reforça a capacidade da NUCLEP em atender com excelência as demandas estratégicas do país.

Empresa Estratégica de Defesa (EED), a NUCLEP tem um portfólio que abrange, além dos cascos resistentes, a construção de equipamentos para usinas nucleares e para plataformas de exploração de petróleo, entre outros.

Iniciado em 2008, o PROSUB é uma um acordo estratégico firmado entre o Brasil e a França e prevê, entre outros pontos, a transferência de tecnologia necessária à construção de quatro submarinos convencionais diesel-elétrico e também do futuro submarino brasileiro de propulsão nuclear.



 

Seção de Qualificação apresentada pela Marinha do Brasil no dia 12 Dezembro, na cerimônia de inauguração do Prédio Principal de Fabricação de Submarinos em Itaguaí. Foto - DefesaNet


Nota DefesaNet

Para uma descrição do estágio do PROSUB leia parte da entrevista coletiva do Alm Moura Neto Comandante da Marinha do Brasil.

Questão – A importância da seção de qualificação?

Alm Esq (RM1) Max - A Seção de Qualificação fica ao meio navio. Serve para qualificar todos os processos industriais envolvidos na produção dos submarinos, como as soldas, para todos os quatro submarinos.

Deve demonstrar que os processos industriais e as qualificações de todos os nossos técnicos e operários está correto e atendem ao especificado.

O importante é TODOS os operários e técnicos, que participarão da produção do Submarino tenham passado pela seção de qualificação.

Alm Esq Moura Neto - As seções 3 e 4 foram produzidas na França, pela DCNS. No momento estamos produzindo as seções reais 1 e 2 na NUCLEP e ICN, e em fevereiro do próximo ano deverão ser transferidos para a Unidade de Fabricação de Estruturas Metálicas (UFEM) para serem completadas. Podemos dizer recheadas com os cabeamentos, estruturas  e componentes.

Para a íntegra da entrevista coletiva acesse:

IMPORTANTE - Íntegra Entrevista Coletiva Alm Moura Neto em Itaguaí Link