COBERTURA ESPECIAL - Presidência da República - Defesa

14 de Dezembro, 2018 - 10:35 ( Brasília )

Ministro agradece ao presidente Temer pelo apoio e apreço pelas Forças Armadas


Alexandre Gonzaga

No tradicional evento de cumprimentos de fim de ano dos oficiais-generais da Marinha, Exército e Aeronáutica ao presidente da República, o ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna, agradeceu as demonstrações de apreço e consideração. "Senhor presidente, além de agradecer pela consideração de que fomos alvos, cumprimentamos pela serenidade e firmeza com que conduziu o destino do nosso país nos períodos de turbulências, tomando medidas em todas as áreas, de segurança pública, de trabalho, de gestão, de infraestrutura, educação, bem-estar social, relações internacionais e tantas outras", enfatizou o ministro.

O evento, realizado nesta quinta-feira (13) no Clube do Exército, contou com a presença dos comandantes da Marinha, almirante Eduardo Bacellar Leal Ferreira; do Exército, general Eduardo Dias da Costa Villas Bôas; da Aeronáutica, brigadeiro Nivaldo Luiz Rossato, do chefe do Estado Maior Conjunto das Forças Armadas, almirante Ademir Sobrinho, e demais autoridades civis e militares.

Silva e Luna destacou que a era do discurso vazio ficou para trás e que ninguém inaugura mais promessas. O ministrou disse, em sua mensagem para uma plateia de oficiais generais e demais autoridades do governo federal, que o presidente Temer teve aguçado senso de legado, fazendo entregas substantivas. "Na área de defesa, só como exemplo, foi lançado ao espaço o satélite SGDC; de uma família de blindados, foi entregue o Guarani de número 300; o avião cargueiro KC-390 foi certificado no mês passado; e amanhã (14), o submarino Riachuelo estará sendo lançado ao mar", ressaltou.

O ministro da Defesa ressaltou que as dificuldades trazem união. "As dificuldades unem. Somos Forças cada vez mais coesas e comprometidas com a sua missão constitucional, contribuindo com a segurança e o desenvolvimento do nosso país", assegurou.

Silva e Luna ainda lembrou da consideração do presidente ao tratar as Forças Armadas de forma diferenciada nas tratativas da reforma da Previdência. "O senhor fez questão de mandar tratar separadamente, o Sistema de Proteção Social dos Militares das Forças Armadas. Também foram conduzidos estudos para uma melhoria salarial dos militares", lembrou.

Ao discursar, o presidente Temer reconheceu a importância das Forças. "Tive apoio de um corpo de funcionários que, como é o caso dos militares, se distingue pela competência e pelo amor ao Brasil. Para construir o seu futuro, o Brasil continuará sempre a contar com a Marinha, o Exército e a Aeronáutica. Quando observo as Forças Armadas no contexto da Previdência, percebo que merecem um tratamento especial por conta de suas especificidades, sem violar o princípio da igualdade expresso no texto constitucional. É uma alegria imensa participar dessa confraternização. É uma alegria compartilhar esse momento com tantos profissionais que dão exemplo diário de dedicação ao Brasil", elogiou.

Fotos: cabo Estevam/CCOMSEx

 



Outras coberturas especiais


Dossiê EMBRAER

Dossiê EMBRAER

Última atualização 18 MAR, 10:20

MAIS LIDAS

Presidência da República