COBERTURA ESPECIAL - Panorama Haiti - Terrestre

08 de Agosto, 2015 - 13:00 ( Brasília )

Filme sobre atuação do Exército brasileiro no Haiti é lançado em MG

'Cidade do Sol' mostra trabalho do Exército em parceria com a ONU. Filme fica em cartaz em Divinópolis até quinta (13), às 19h e às 21h40.

Foi lançado nesta quinta-feira (6), em Divinópolis, o filme "Cidade do Sol". O longa gravado em Contagem e Belo Horizonte é dirigido pelo cineasta Guto Aeraphe. Ele e o elenco do filme participaram do lançamento e participam de um bate-papo com o público.

O filme mostra uma história fictícia sobre a atuação do Exército brasileiro no Haiti e será exibido em cinemas de Minas Gerais, Espítito Santo e São Paulo. Também poderá ser visto por meio da internet, em formato de série, dividido em sete episódios.

A inspiração, diz o diretor, surgiu da atuação do Exército brasileiro em parceria com as Organizações das Nações Unidas (ONU) em missões de paz para a estabilização da área de conflito e extrema pobreza no Haiti. Desde 1956 ele pesquisa o tema. "A proposta é retratar a realidade daqueles que vivem e participam da realidade do povo haitiano, sujeitos a situações extremas o tempo todo", explicou.

Para isso, a narrativa se apoia em quatro personagens principais, com motivações e características diferentes. As vidas deles se cruzam durante o caos instalado em solo haitiano.

Sinopse

Na trama, a jornalista norte-americana Rachel Clark descobre uma ação terrorista que teria como objetivo um golpe contra o atual presidente do Haiti. Diante disso, a Minustah, que é a missão da ONU para estabilização do Haiti, liderada pelo sargento brasileiro Max, é obrigada a inervir para garantir a segurança de todos e a ordem do país. Com atores de diferentes nacionalidades, dentre brasileiros, americanos e cidadãos haitianos não atores, a série será dublada em inglês, francês e creole.

"Fazer cinema no Brasil não é fácil. Desde o início até o produto final, foram quase três anos. De gravação, foram quatro meses. Entrar nas salas de cinemas brasileiras é muito compllicado. Por isso, faremos ao mesmo tempo como longa-metragem nos cinemas e web-série em nosso portal", concluiu o diretor.